ongrace.com

> Mensagem de Hoje

22/09/2016 - O INÍCIO DA REDENÇÃO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E o capitão da guarda pô-los a cargo de José, para que os servisse; e estiveram muitos dias na prisão.  Gênesis 40.4


A saga de José merece um filme com dezenas de horas, ou um conjunto de longa-metragens, pois o que ele sofreu na preparação para ser o salvador do mundo dos seus dias, devido à fome que ceifaria milhões de vidas, valeu a pena. Não sabemos o motivo de passarmos por tantas experiências ruins, mas o Onipotente, em Sua sabedoria, será justificado como Mestre, ao desempenharmos a missão a nós confiada.

A obra em José começou ainda na sua concepção, já que sua mãe era estéril. Era como se soubesse que dela viria um homem que ajudaria as pessoas e também deixaria um legado de ter salvado o próprio povo. A inveja dos irmãos foi justificada por ele, quando viu que tudo acontecera para a preservação da vida. Ele não deu importância ao pavor que tomou conta dele no poço onde foi jogado, nem ao que sofreu depois de ser vendido como escravo.

Na casa de Potifar, se tivesse sido fraco de mente e fé, teria se envolvido com a adúltera mulher do chefe da casa de Faraó e, então, viveria “bem”, segundo o que prega o mundo mau. Porém, sendo servo de Deus e tendo o temor do Senhor em seu coração, esse filho de Jacó herdou do pai a raça e o poder de dizer não ao erro. Desse modo, embora tenha ido para a prisão, saiu de lá para governar a maior nação da Terra daqueles dias. Amém!

No cárcere, logo foi reconhecido como quem tinha a unção divina sobre si e, em pouco tempo, já liderava o local onde os malfeitores eram levados para pagar pelos seus erros ou ser ressocializados. Com seu jeito humano de ser, ouviu os sonhos do copeiro e do padeiro chefe, estando ambos alarmados. Ao copeiro disse que ele seria restabelecido na sua função; para o padeiro a revelação não foi boa.

Após dar a boa notícia ao copeiro, pediu que intercedesse ao faraó por ele. No entanto, mesmo tendo dado a sua palavra, o copeiro levou dois anos para se lembrar e relatar ao rei que havia tido um sonho assustador, o qual ninguém conseguia interpretar, mas, na prisão, alguém dera a interpretação. Ao ser chamado, José interpretou o que o faraó sonhara e foi elevado a primeiro-ministro.

Não se deixe levar pelas situações más que lhe têm acontecido, mas aprenda lições com o Senhor por meio delas. Deus não o está preparando à toa, mas para, um dia, ocupar o seu lugar na vontade dEle. O treinamento é comum a muitos, porém o aprendizado você tira da Palavra. Continue sendo servo, porque, quando chegar o seu dia, verá que valeu a pena ter sido servo durante todo o processo. Viva feliz, pois o seu Mestre é Jesus.

O carcereiro havia posto o copeiro e o padeiro a cargo de José para que os servissem. Ele os tratou bem e os ajudou com o dom dado por Deus. Acusado de ter tentado abusar da mulher do seu senhor, ficou muito tempo no cárcere, mas saiu para dar comida e vida a milhões. José aprendeu a fazer o bem e o fez, e quanto a você?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, Preparador de vencedores! Parecia que José seria um exemplo de pessoa que vem ao mundo para sofrer, mas isso não foi o que se viu no final. Ele saiu como vencedor, pois foi treinado por Ti. Que este leitor seja assim também!

José não demonstrou ódio aos irmãos pelo que lhe fizeram, pois, quando viu a obra que colocaste sobre os seus ombros, a qual se provou verdadeira, ele viu que Tu o fizeste no salvador de milhões que morreriam de fome. Que vejamos a razão da nossa chamada.

Somos servos e queremos ser tratados como tais. Leva-nos para onde desejas e, lá, ensina-nos as lições da nossa preparação. Quando chegar a nossa hora, que estejamos sendo dirigidos por Ti e não pelo espírito de vingança!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Olá Missionário! Sou convertido há menos de um mês, e estou na Paz do Senhor Jesus !!! Busco Ele com todas as minhas forças, inclusive sou da Igreja da Graça , Graças...

Não se deve opinar sobre experiências pessoais, pois podemos facilmente incorrer na condenação de Mt 7.1 e Rm 14.4 e 10. Nosso padrão de conduta, no entanto, não é a...

»VEJA MAIS