ongrace.com

> Mensagem de Hoje

18/04/2016 - O JUSTO SE ALEGROU COM A VINGANÇA

  • Envie por Email
  • Imprimir
O justo se alegrará quando vir a vingança; lavará os seus pés no sangue do ímpio. Salmo 58.10


Como Filho de Deus, o Senhor Jesus, o Justo, ansiosamente esperou pelo dia em que a vingança chegaria e, ao descer ao Inferno, dedicou-Se a executar o plano do Pai, levando a humanidade à plena libertação do império das trevas. Hoje, não há mais necessidade de ninguém sofrer; porém, para que isso ocorra, é preciso conhecer a Verdade. A mensagem que temos de pregar é que a obra já foi realizada e quem crê participa dela.

Na morte de Cristo, Deus realizou a nossa remissão. Desde o momento em que o homem caiu, o Altíssimo elaborou um plano para regatá-lo das mãos do diabo. O que seria feito era desconhecido do inimigo, mas conhecido do Senhor. No entanto, o Todo-Poderoso revelou, de tempos em tempos, alguns fatos que ocorreriam. Então, ao chegar a época certa, Ele enviou Seu único Filho para morrer em nosso lugar, consumando a obra.

Não havia outro meio de o Pai nos resgatar, a não ser enviando Jesus para Se encarnar e tomar o nosso lugar. Com esse ato, Deus pôde redimir, de modo justo e limpo, o ser humano. Hoje, aqueles que aceitam o que Cristo fez por eles são reconciliados com o Altíssimo e não mais entrarão em condenação. Para os salvos terminou o período de angústia e dor, nascendo para eles o Sol da verdadeira justiça  Jesus.

Ao enfrentar o diabo, o Salvador não teve medo de que algo pudesse dar errado, e sim sentiu confiança e alegria, porque a hora de resgatar o homem havia chegado. Além disso, mesmo sabendo que teria de passar por todo tipo de sofrimento, o Rei dos reis foi à cruz sem receio. Sereno e seguro de Si e do que fazia em nosso favor, o Mestre enfrentou nosso castigo e derrotou Satanás. Então, o Espírito de Deus desceu ao Inferno e O vivificou.

Essa é a mensagem a ser anunciada nos quatro cantos da Terra, em meio ao povo pacífico e pacato ou entre pessoas entregues às mais cruéis violências. Não há como o diabo nos impedir de falar do amor divino manifestado em Jesus. Agora, não temos de temer perseguições ou proibições, mas, com a sabedoria dos Céus, falar desse amor, que já fez tudo de que o homem precisava. Para quem crê a liberdade é real.

A derrota do diabo foi tão completa, que o versículo declara que Jesus lavou os pés do justo no sangue do ímpio. Dessa maneira, não precisamos ter o menor temor em avançar e libertar os dominados pelas forças do mal. É importante ressaltar que não sofremos nada por pregarmos a Palavra nem por usarmos o Nome do Senhor a fim de libertar os oprimidos. O melhor é que teremos a presença de Deus ao nosso lado o tempo todo.

Aqueles que crerem em nossa pregação verão o braço do Senhor estendido e pronto para operar. Temos poder para mudar o mundo, levando as pessoas à libertação. Não há o que temer, pois o dia da vingança chegou, e ela já foi executada! Quem conhece a Verdade é liberto por Ela. Que tempo fantástico é este em que vivemos!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus Vingador! Tu Te alegraste com a vingança executada por Jesus em nosso favor. Não temos de nos submeter ao inimigo nem deixar que ele nos escravize, porque o que tinha de ser feito já o foi.

Por milênios, o diabo oprimiu o homem, roubando, matando e destruindo. Agora, como enviados dos Céus, temos de mostrar a todos que o dia da vingança já chegou. Aleluia! Somos livres!

Jesus caminhou pelos corredores do Inferno e, por nós, derrotou aquele que tinha o poder da morte. O cativeiro foi levado cativo e, na Sua morte, o Mestre conquistou dons e os concedeu aos homens. A glória é Tua, Pai amado! 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração