ongrace.com

> Mensagem de Hoje

30/08/2021 - O LÍDER NÃO DESISTE NUNCA

  • Envie por Email
  • Imprimir
O SENHOR, vosso Deus, que vai adiante de vós, por vós pelejará, conforme tudo o que fez convosco, diante de vossos olhos, no Egito.  Deuteronômio 1.30

Ouça a mensagem

Ao ver o povo de Israel murmurando, Moisés buscou a Deus. Então, recebeu a palavra de que era desnecessário temer, porque o Senhor pelejaria por eles. No entanto, o estrago já estava feito, por isso os israelitas nem entenderam o que o Altíssimo lhes falava. Ora, independentemente do quão longe você tenha ido, volte-se para Deus e diga-Lhe que você quer ser lavado dos seus pecados, inocentado pelo sangue de Jesus e liberto da opressão.

Essa direção foi incompreensível para eles, porque já estavam contaminados pela má notícia. Só creriam se recebessem uma tremenda admoestação da parte do Senhor, e isso Moisés, o líder, lutava para evitar. Mas a repreensão veio, então souberam que perambulariam 40 anos pelo deserto, até os homens que, naquele dia, tivessem mais de vinte anos morressem de modo natural ou acidental (Dt 1.35). Vigie!

Os hebreus nem sequer raciocinavam. A mentira lhes causou um prejuízo enorme. Mesmo Moisés dizendo-lhes a verdade, não tinham mais capacidade de se lembrar da promessa do Senhor de ir com eles. Quando alguém deixa de assumir a orientação divina, fecha a porta para a luz, e as trevas o dirigem. Ter ao lado a presença do glorioso Rei do Céu era aquilo de que precisavam, porém não conseguiam confiar. 

O Senhor pelejaria por eles e, assim, assumiriam a terra – essa era a promessa. Por que, às vezes, também não suplicamos a Deus que seja nos dada a habilidade de entender a Sua Palavra? Se isso ocorrer, nunca mais seremos iludidos pelo diabo. Procure se acertar com o Pai celestial, para o reino infernal não mudar a sua sorte, fazendo você perder a sua grande oportunidade na vida. O Senhor o ajudará!

Deus faria por eles tudo o que havia realizado no Egito. Lá, eles viviam sob a pior condição que um homem pode experimentar: a escravidão. Essa é a situação de quem é dependente de drogas, parceiro do diabo na prostituição ou do praticante de qualquer crime ou de idolatria e feitiçaria. Quem invoca os mortos jamais será livre, pois Deus proíbe terminantemente tal prática nas Escrituras (Dt 18.11,12).

No Egito, os israelitas viram o quanto dói o chicote do mau senhor. Além de ter de trabalhar sem direito algum, começando bem de manhã e indo até depois do sol se pôr, não podiam ir aonde queriam. De uma hora para outra, eles se tornaram sujeitos aos senhores egípcios. Deus não deixaria que isso ficasse assim, e sim levaria Seu povo aos primeiros passos rumo à liberdade. Primeiro, Ele os livrou do Faraó e, em seguida, do rei do Inferno. Aleluia!

Hoje, não precisamos mais andar sob o jugo opressor de Satanás. Jesus de Nazaré foi aonde o chefe da maldade se encontrava e tomou dele a autoridade que havia roubado de Adão, com a qual oprimia a humanidade. Agora, isso é coisa do passado. Basta o salvo olhar para a obra de Cristo no Calvário e exigir que o mal vá embora. Amém!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor que nunca desiste! Tu ajudaste Moisés ao máximo, a fim de que Israel não fosse para o deserto. Ele disse que Tu eras o Deus deles, mas, como se deixaram levar pela mentira, não Te ouviram mais. Livra-nos das mensagens erradas!

Para nós, o importante é curvar-nos diante da revelação da Tua Palavra. Não podemos cair na rebeldia. Desejamos Te conhecer como deves ser conhecido, servir somente a Ti e nunca ao medo nem ao pecado. Pai, somos Teus servos!

Vai adiante de nós e peleja em nosso favor. A nossa glória é confiar em Ti, no poder do Nome de Jesus e nas orientações do Teu Espírito. Faz conosco o que foi realizado no Egito, quando o maior império do mundo teve de deixar livre o Teu povo. Nós Te agradecemos!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, há uma discussão acerca de um ministério de louvor conhecido sobre rebeldia, porque a notícia que foi divulgada de uma hora para outra sobre este ministério...

Não estou a par dos problemas que você menciona, de sorte que não tenho como opinar. Além disso, sempre repito que não acho correto eu dar opinião sobre o que acontece...

»VEJA MAIS