ongrace.com

> Mensagem de Hoje

11/06/2013 - O MELHOR ESCRITO

  • Envie por Email
  • Imprimir
No SENHOR, Deus de Israel, confiou, de maneira que, depois dele, não houve seu semelhante entre todos os reis de Judá, nem entre os que foram antes dele. 2 Reis 18.5


Há um costume de escrever na lápide do túmulo de algumas pessoas algo que possa explicar o tipo de vida que elas tiveram. De Ezequias, rei de Judá, foi dito que, nem antes nem depois dele, houve semelhante entre todos os reis de Judá. Se todos os servos de Deus se esforçassem para terem escrito “semelhante” a seu respeito, o mundo viveria melhor, e a obra de Deus prosperaria muito.

Não dá para entender como alguém que tenha conhecido o amor de Deus não passe a confiar nEle de todo o coração. Quem o faz prova que é muito recompensador e gratificante crer no Senhor que cura, liberta e protege. Por que deixar, então, de pôr sua confiança no Altíssimo, ficando, assim, exposto às investidas do inimigo (Sl 97.10)? Os reis que foram antes de Ezequias não experimentaram o quanto Deus os podia ter amado.

Da mesma forma, o cristão carnal, o incrédulo e o displicente não conseguem ter mais de Deus. Alguns, ao verem os fiéis e justos prosperarem, perguntam-se por que o Pai celeste não os ajuda como faz com os servos verdadeiros. O certo é que somos amados na mesma proporção que amamos o Senhor. Quem quer ter dias melhores, ser protegido do mal e viver na atmosfera milagrosa do Senhor deve amá-Lo com todo o coração.

O perverso Senaqueribe, rei da Assíria, investiu contra o reino de Judá. Ele julgou que o culto ali praticado ao Senhor fosse como os outros que se ofereciam nas mais diversas nações aos seus falsos deuses, obra de invenção humana. Mas, em Judá, ele encontrou um rei que servia, de fato, ao verdadeiro Deus e um profeta que conhecia o Senhor. Em uma só noite, Senaqueribe perdeu 185 mil soldados, mortos por um anjo de Deus.

No jardim do Getsêmani, o Senhor Jesus disse que, se quisesse, oraria ao Pai e seriam enviados a Ele 12 legiões de anjos (Mt 26.53). Os servos de Deus, em momento de aperto ou necessidade, podem orar, e o Altíssimo enviará quantos anjos forem necessários para ajudá-los. Um só anjo liquidou com o exército do rei da Assíria. O que esse episódio nos ensina é que basta o Senhor enviar um só dos Seus anjos, e a obra será feita por completo.

Eles poderiam ter contado isso ou outros feitos acerca de Ezequias, mas a lição mais importante era que esse monarca confiara no Todo-Poderoso de tal modo que não houve paralelo em todo o tempo em que Judá foi uma nação. Que de você se fale coisa parecida, pois isso será como um diploma de servo que soube ouvir o Pai e servir a Ele. Mesmo o prezado leitor não tendo um filho que tenha dado alegrias ao Altíssimo, que tal começar hoje?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, quero dizer que o senhor é uma benção nas mãos do Senhor Jesus. A minha pergunta é a seguinte : o texto de 1 S.João, cap. 04 vers. 01 a 03, nós podemos...

O texto manda-nos provar os espíritos, pois o inimigo tenta o tempo todo enganar até mesmo os que já são do Senhor (Mc 13.22). As Testemunhas de Jeová e outros grupos que...

»VEJA MAIS