ongrace.com

> Mensagem de Hoje

21/10/2013 - O MESTRE DOS MESTRES

  • Envie por Email
  • Imprimir
Eis que Deus exalta com a sua força; quem ensina como ele? Jó 36.22


Não conseguimos entender muita coisa que acontece conosco, como, por exemplo, por que o Senhor não nos levou para os Céus quando nos salvou. Isso é questionado por várias pessoas, mas, para quem tem experiência com Ele, não há o que lamentar por ter ficado aqui. Afinal, Ele já declarou que mil cairão ao nosso lado, e dez mil, à nossa direita, mas nós não seremos atingidos (Sl 91.7). Creia que o Cristo é o Mestre que sabe ensinar os Seus (Jo 13.13).

Enquanto estivermos na Terra, teremos problemas com o maligno, que, a todo custo, esforça-se para nos tirar da nossa posição em Cristo e derrotar-nos. Contudo, não devemos temê-lo, pois ele não nos pode tocar (1 Jo 5.18). A menos que o cristão saia da proteção do Senhor, o inimigo não poderá fazer mal algum a ele. A nossa postura deve ser sempre a de andar de cabeça erguida, vigiando, mas, ao mesmo tempo, confiando no nosso Pai (1 Pe 5.8).

Às vezes, parece que Deus nem percebe o que nos acontece, porém isso não é verdade. Ele conhece todos os planos do diabo contra a nossa vida e também cada uma das tentações pelas quais passamos (1 Jo 4.4). O Altíssimo nos socorre nesses ataques, não permitindo que venha sobre nós tentação a não ser humana. Ao sermos tentados, Ele nos dá o escape para que suportemos as investidas infernais (1 Co 10.13).

Deus Se exalta e nos eleva com Sua força. Por isso, não temos de temer as setas ou confusões que o astuto lança sobre nós. A verdade é que o Senhor é um escudo indestrutível e impenetrável. Firmes no Todo-Poderoso, fazemos com Ele uma dupla invencível (Jo 15.7). O segredo é agarrar-nos às promessas divinas, e, em pouco tempo, veremos a tempestade espiritual passar.

O Altíssimo tem um propósito quando permite que sejamos tentados, pois usa essas situações desagradáveis, a fim de nos ensinar a maneira certa de nos comportarmos nas batalhas. Ele tem muitas bênçãos para nos dar, e, se não crescermos na fé, não conseguiremos assumir o que Ele já tem preparado para Seus filhos. O melhor a fazer é permitir que sejamos ensinados pelo Mestre dos mestres. Assim, você não conhecerá derrota alguma.

O ensinamento divino é perfeito. Ele sabe o quanto podemos suportar. Por isso, Ele nos assiste com a Sua força, exaltando-nos sobre os nossos inimigos (Sl 23.5). Ainda que você tenha certeza de que o Inferno todo se lançou para destruí-lo, lembre-se de que o Senhor prometeu erguer a Sua bandeira e entrar em luta em seu favor. Ora, com o Onipotente lutando por você, quem o atingirá (Rm 8.31)?

Se você está debaixo de uma verdadeira tempestade das forças infernais, não tenha medo nem se desespere! Mesmo durante seu processo de aprendizado, você tem condições de repreender o mal. O importante é estar ligado na divina Palavra, pois é por meio dela que você aprenderá a fazer a obra.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Ó Deus! A fé em Jesus, a qual nos deste ao recebermos a Tua Palavra, diz-nos que Tu não nos deixarás sozinhos na luta contra as forças das trevas. Elas teimam em nos atacar e têm como objetivo maior tirar-nos da Tua presença. Contudo, isso jamais será possível!

É bom estarmos ligados em Ti, desfrutando do Teu amor e poder. Chegará o momento em que Tu nos exaltarás com a Tua força, e, então, todos verão que somos mais que vencedores. Não há como ser anulado o Teu decreto a nosso respeito. Somos libertos de verdade.

Ao final, reconheceremos que Tu és o verdadeiro Mestre. Então, todos dirão que realmente não há ninguém que ensine como Tu. Por isso, chegamos diante de Ti para agradecer o que nos tens feito. Senhor, podemos assumir o que temos em Cristo!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, uma vez eu estava no ônibus para ir ao trabalho (eram 12:30h), quando o ônibus passou em frente a um grupo de policiais que estavam atirando com munição...

O Senhor Jesus ensinou que devemos ser simples como as pombas e prudentes como as serpentes (Mt 10.16). Em outra ocasião, Ele citou o AT, dizendo que não devemos tentar a...

»VEJA MAIS