ongrace.com

> Mensagem de Hoje

06/12/2021 - O MEU REDENTOR VIVE

  • Envie por Email
  • Imprimir
Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra.  Jó 19.25

Ouça a mensagem

No capítulo 19 do seu livro, Jó se mostra triste e melancólico com as situações que, sem saber a razão, ocorriam em sua vida, já que as Escrituras o descreveram como alguém quase perfeito: Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e este era homem sincero, reto e temente a Deus; e desviava-se do mal (Jó 1.1). De uma hora para outra, tudo mudou e, sem saber o que dizer, ele contendeu por fé, mas Deus foi seu justo Juiz!

Jó foi feito de exemplo para aqueles que deixam de verificar como vivem. Mesmo sendo conselheiro e amigo de todos, ele não percebeu o medo entrar em seu coração. Ora, essa é a parte do homem que ninguém vê. Resultado: o diabo teve permissão de tocar nele. Depois, Jó viu seu erro e disse: Por que o que eu temia me veio, e o que receava me aconteceu? (Jó 3.25). No fim, o Senhor lhe aplicou a esperada justiça.

Os amigos de Jó também eram sábios, mas não conseguiram ajudá-lo, porque falaram por si mesmos, usando as palavras de Deus fora de contexto. Logo, o parecer deles jamais faria alguém reagir diante do seu problema. Precisamos estar em comunhão com o Céu, a fim de sabermos qual remédio usar para o mal de alguém. Não basta citar a Palavra nua e crua, até porque a própria Bíblia afirma que a letra mata (2 Co 3.6).

Em meio à dor, Jó reclamou com dureza do que seus amigos falavam: Tenho ouvido muitas coisas como estas; todos vós sois consoladores molestos (Jó 16.2). Se a Palavra vem do Senhor, ela é como o bálsamo de Gileade, mas, na maioria das vezes, pensando em ajudar, muitos acrescentam dores a quem não sabe nem entende por que coisas ruins acontecem. Os consoladores salvos deveriam viver diante de Deus.

Quando sentimos do Altíssimo o que falar e Lhe obedecemos, mesmo sendo o recado pequeno, o auxílio é bem aceito e nos fará dignos de receber a recompensa por tal ato, como Jesus declarou: E qualquer que tiver dado só que seja um copo de água fria a um destes pequenos, em nome de discípulo, em verdade vos digo que de modo algum perderá o seu galardão (Mt 10.42). Maravilhoso é ministrar e entregar o conselho certo. O dia da retribuição virá (Ap 22.12).

Cristo falou que quem vive aos Seus pés escolheu a melhor parte: E, respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada (Lc 10.41,42). Essa é a parte que faltava nos consoladores perversos de Jó. Eles tentaram confortar o patriarca, porém o que saia de suas bocas não era a mensagem celestial. Peça um guarda para a sua boca (Sl 141.3).

Quando Jó se acertou com Deus, Este repreendeu os amigos dele: Sucedeu, pois, que, acabando o SENHOR de dizer a Jó aquelas palavras, o SENHOR disse a Elifaz, o temanita: A minha ira se acendeu contra ti, e contra os teus dois amigos; porque não dissestes de mim o que era reto, como o meu servo Jó (Jó 42.7). Bom é estarmos dentro da vontade divina, crendo que o nosso Redentor vive, para nos recompensar e não nos repreender.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor dos bons conselhos! Apesar de termos chance de sermos usados por Ti, não temos nos consagrado como deveríamos. Vivemos mais na carne, fazendo a nossa vontade do que a Tua. Socorre-nos! Assim, mudaremos o nosso modo de servir a Ti!

Jó não abriu mão dos seus direitos e, mesmo sem entender o que dizia, lutou com todas as suas forças para prevalecer contra o mal e conseguiu. Tu nos darás as Tuas bênçãos, quando estivermos em Cristo e as palavras da Tua boca estiverem na nossa boca!

Devemos ser consoladores de verdade, e não apontadores de erros inexistentes. A nossa vontade tem de estar sujeita à Tua, para a nossa obra ser proveitosa. Que o Teu Santo Espírito sempre nos assista no ouvir, no meditar e no falar. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração