ongrace.com

> Mensagem de Hoje

09/04/2010 - O PORQUÊ DE CERTAS SITUAÇÕES

  • Envie por Email
  • Imprimir



O PORQUÊ DE CERTAS SITUAÇÕES

“Estes, pois, ficaram, para por eles o SENHOR provar a Israel, para saber se dariam ouvidos aos seus mandamentos que tinha ordenado a seus pais pelo ministério de Moisés” (Juízes 3.4).

Deus não nos trata como robôs. Ora, cada um que é recebido como Seu filho, além de açoitado (Hebreus 12.6), é colocado à prova por Ele – isso porque o importante para o Senhor é ver se damos ou não atenção aos Seus mandamentos. Portanto, temos de vigiar e orar para não entrarmos em tentação (Mateus 26.41), a qual, certamente, virá, mas não deve encontrar lugar em nosso coração.

O Altíssimo permitiu que alguns povos tentassem os israelitas com sugestões pecaminosas, aflições e provocações, a fim que estes se esforçassem e dessem atenção ao que lhes fora dito. Israel deveria mostrar que o temor ao Senhor era mais importante. Hoje, primeiro temos de conhecer os ensinamentos que o Mestre nos deu – os quais são os mesmos da Antiga Aliança, porém melhorados –, guardá-los e não nos esquecermos deles.

No entanto, responda sinceramente: o que você faria se, sem motivo, alguém se declarasse seu inimigo, passasse a odiá-lo, maltratá-lo e persegui-lo? Será que você o amaria e abençoaria a vida dele? Se algum desses malfeitores precisasse que você lhe fizesse um bem, você seria capaz de ajudá-lo? Em sua hora de comunhão com Cristo, oraria por ele? Bem, se você não tem condições de agir assim com relação a quem lhe faz essas coisas, precisa ler a passagem de Mateus 5.44 e cumprir o que ela diz. Nesse trecho, Jesus nos ensina exatamente o que temos de fazer. Será que essa pessoa não foi deixada no seu caminho justamente para que você mostre ao Pai o que há, de fato, em seu coração?

Muitos cristãos caem por causa de seus pecados. Alguém pode pensar que foi o adultério que fez uma pessoa cair, pois ela foi fraca. Não! Por incrível que pareça, essa não foi a razão da queda. Ela adulterou porque já havia pecado – desprezado a Palavra de Deus –, e o mesmo se pode dizer da desonestidade e de qualquer outro “pecadinho” que ela cometa. Não guardar os mandamentos divinos é o maior pecado de todos, e é ele que, por exemplo, faz alguém olhar para outrem que não seja seu cônjuge e cobiçá-lo. O mesmo se dá quando desejamos o carro de Fulano, a casa de Beltrano, a felicidade de Sicrano etc.

O melhor da vida é andar em comunhão com o Altíssimo e, quando vierem os anseios desenfreados, você não dará nenhuma atenção a eles. Quem anda em Espírito jamais cumpre as concupiscências da carne. Mas o oposto é verdade: quem não anda em santidade, sem dúvida, assume todas as tentações que o adversário lhe envia. Então, meu prezado irmão, não é hora de você se examinar e, caso se encontre nessa condição, mudar de atitude?

Em Cristo, com amor,
 
R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Gostaria que me explicasse estas passagens: 2Sm 14.27 e 2Sm 18.18, pq essa contradição? Uma diz que ele teve filhos e outra diz que...

Ambos os textos dizem a verdade e estão certos. No primeiro, é curioso que o autor diga que Absalão teve 3 filhos, mas NÃO mencione o nome deles; só o da filha, Tamar (o...

»VEJA MAIS