ongrace.com

> Mensagem de Hoje

06/10/2021 - O PREÇO DA OUSADIA

  • Envie por Email
  • Imprimir
Então, Uzias se indignou e tinha o incensário na sua mão para queimar incenso; indignando-se ele, pois, contra os sacerdotes, a lepra lhe saiu à testa perante os sacerdotes, na Casa do Senhor, junto ao altar do incenso.  2 Crônicas 26.19

Ouça a mensagem

Quando não estamos bem com Deus, tomamos as piores decisões. Em vez de Uzias ficar indignado, deveria atender os sacerdotes. Ao ser repreendido pelos servos de Deus, que citaram a declaração bíblica proibitiva da conduta do rei, o Espírito de Deus falou ao seu coração que aquela advertência era correta. Assim como o pecador que se vende ao diabo, esse líder preferiu indignar-se contra a Verdade. Ora, jamais se insurja contra a Verdade, mas, sim, renda-se a ela (2 Co 13.8).

Uzias não queria ser parado, porque já tinha o objeto na sua mão para queimar incenso. No entanto, devido ao amor que nutriam pelo rei, os sacerdotes chamaram a sua atenção quanto à gravidade daquele ato. A melhor coisa da vida é encontrar pessoas que nos avisam da punição por transgredir, mas alguns ficam irados com quem os impede de consumar o pecado; outros, se pudessem, feririam aqueles que tentam tirá-los da condenação eterna. Vigie!

Na sua revolta, provavelmente, o rei ameaçou os sacerdotes e os destratou. A ira de Uzias contra aqueles que se consagravam à obra de Deus foi tamanha que ele logo notou a mão divina operar a fim de que não pecasse. O Senhor age em nosso favor, fazendo-nos padecer um pouco para não sermos réus no Juízo. O maior sofrimento de alguém é enfrentar a perdição que durará para sempre.

Uzias não estava bem, pois se insurgiu contra os sacerdotes designados pelo Altíssimo para cuidar da Sua obra. Ora, quando uma pessoa recebe a ordem de representar o Senhor, ela tem autoridade para fazer o necessário. Paulo, tendo oposição de Elimas, o falso profeta, disse-lhe: Ó filho do diabo, cheio de todo o engano e de toda a malícia, inimigo de toda a justiça, não cessarás de perturbar os retos caminhos do Senhor? (At 13.10). Creia e viva!

O que se passou naquela hora foi uma grande batalha na qual o diabo encontrou alguém para escarnecer da Palavra. Para tanto, o adversário conseguiu fazer o soberano ignorar as Escrituras e insistir na rebeldia. Quantos salvos também viram a força maligna se apoderar deles e nada fizeram, mesmo tendo a assistência do Espírito Santo? Porém, depois, perceberam que tiveram de ser parados à força com sérias sequelas da luta; caso contrário, eles se perderiam eternamente.

De repente, os sacerdotes viram a justa punição por aquela irresponsável atitude. Eles demonstraram zelo em impedir que Uzias transgredisse. A lepra, então, saiu-lhe à testa perante aqueles homens de Deus. Uma tragédia por causa de um desejo errado! Agora, o rei ficaria para sempre separado da família e das demais pessoas. Não vale a pena cometer iniquidade, abandonar a missão de lutar pelo Reino de Deus contra o reino do pecado. Amantes, dinheiro, fama, para quê? Jamais compensam! 

O castigo veio exatamente na casa da bênção, a casa do Senhor, junto ao altar que fazia Deus sentir o cheiro suave, que tinha a missão de Lhe agradar. Por que trocar a paz e o amor divino pelo “amor” de alguém? Nunca se separe para a vergonha? Acorde, irmão!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor da nossa honra! Não desejamos nos insurgir contra o que é verdadeiro, e sim contra o pecado, que tão de perto nos rodeia. Ajuda-nos a andar diante de Ti, sem trair a Tua confiança e o Teu amor. Nunca podemos Te entristecer entregando-nos ao inimigo. 

Precisamos ser socorridos nas horas das tribulações que surgem para nos tirar do Teu plano. A Tua ajuda é altamente apreciada; afinal, desejamos nos colocar à Tua disposição e resistir ao diabo. Obrigado por nos salvares e conservares íntegros e perfeitos!

A marca do pecado jamais pode estar em nossa testa, porque fomos justificados pela Tua graça, mediante a fé que nos deste. Temos de ser sempre o Teu prazer, recusando toda sugestão proveniente do maligno. Cuida de nós, amado Pai!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração