ongrace.com

> Mensagem de Hoje

28/03/2020 - O PREÇO DE SER USADO POR DEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir
E chamavam Júpiter a Barnabé, e Mercúrio, a Paulo, porque este era o que falava.  Atos 14.12


Quando as pessoas entendem mal a operação divina, algo sério pode ocorrer com os servos do Senhor, a exemplo do que aconteceu no auditório de Listra. Na obra de Deus, tudo deve ser realizado com todo o coração, sem engano, ainda que as pessoas inventem coisas a nosso respeito. Deus jamais aceitará qualquer mentira. Portanto, rejeitemos as ofertas das trevas, mesmo que pareçam nos “ajudar”.

Os perdidos ficaram tão encantados com a obra realizada naquele paralítico, que perderam o bom senso e partiram para cima dos servos de Deus, considerando-os seres da máxima importância dentro daquela religião. Para eles, Júpiter era o supremo deus da mitologia, por isso falaram que Barnabé era ele. Para os servos do Senhor, aquilo era pior do que serem chamados de charlatões ou de outro qualificativo, pois nunca aceitaram tal “honraria”.

Paulo foi chamado de Mercúrio, considerado o porta-voz de Júpiter. Aquilo tudo era novo para os enviados do Senhor, cujo propósito era tirar aquelas pessoas da teia de enganos e levá-las à Verdade. Veja como dói ver a mentira tomando conta dos perdidos. Mesmo tendo visto uma inequívoca operação do poder de Deus, eles creditaram tal feito a deuses simulados em forma de homens. Misericórdia!

Alguém pode dizer que os apóstolos deveriam ter aceitado as oferendas e, mais tarde, quando tudo serenasse, explicariam a Verdade. Se tivessem tomado tal caminho, deixariam de ser servos do Altíssimo. Quem obedece à Palavra não pode tolerar as sugestões do inimigo, a menos que queira compactuar com ele. Não aceite qualquer artimanha para falar do poder de Deus, mesmo se for para salvar a sua pele. Honre o Criador!

De que adiantaria enganar aquele povo, se até uma simples intenção maligna no coração é considerada pecado pelo Senhor? O profeta Isaías disse: À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, nunca verão a alva (Is 8.20). Quem pertence ao Pai jamais deixa alguém no erro, porque foi feito membro do Corpo de Cristo para isso. O filho de Deus vive e fala a Palavra.

Veja, quando algo começa mal, não pode ser revertido. Em tudo o que fazemos ou aceitamos, é importante que falem de nós para que o Pai seja glorificado. Nunca negue o Senhor, ainda que isso represente um prejuízo iminente para você. É melhor sofrer por ser firme na fé em Cristo do que usufruir o gozo transitório do pecado. Moisés entendeu isso há 3.500 anos no Egito. Siga as Escrituras!

O povo mergulhado no erro precisa encontrar o Caminho dos Céus, então jamais será enganado. Os fins não podem justificar os meios. Para que alguém seja uma bênção, não pode haver nele um só risco de iniquidade. Procure andar de cabeça erguida; assim, verá o Senhor. O importante é ganhar sem se comprometer com o mal.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor que nos comanda! Sob a Tua direção, podemos passar pelas tribulações. Agora, não devemos aceitar mentiras, mesmo que possam nos ajudar de algum modo. O importante é vivermos livres da sujeira do inimigo.

Paulo e Barnabé provaram que Te amavam, rejeitando o engano daquelas pessoas que criam nos deuses da mitologia reinante naquela região. Com veemência, Teus servos se negaram a aceitar isso, porque não podiam Te negar. Que assim seja conosco!

Por que aceitarmos uma mentira, se somos do Reino da Luz? O que importa não é o quem disse aquele engano, mas quem conscientemente aceitou tal fato. Precisamos Te agradar e Te honrar sem nos embaraçarmos em nada do maligno. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Estava orando em um momento muito dificil, sentia pavor em minha alma e um espirito imundo tomava os meus pensamentos,no momento que fui dizer bendito saiu outra palavra para...

Pelo tom de sua pergunta, você está desconfiada de ter cometido o pecado sem perdão, contra o Espírito Santo. Sossegue, não foi o caso, de jeito nenhum. O Senhor Deus...

»VEJA MAIS