ongrace.com

> Mensagem de Hoje

25/11/2009 - O PROFETA E OS SEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Porque Jesus mesmo testificou que um profeta não tem honra na sua própria pátria” (João 4.44).

Profeta é alguém chamado pelo Senhor para compor o ministério divino. Sensível à voz de Deus, ele recebe a mensagem do Todo-Poderoso e a entrega ao povo. Além disso, como servo do Altíssimo, é revestido de poder e age com fidelidade, pois tem o Deus fiel ao seu lado para confirmar a sua palavra e sabe que os Céus estão por trás da sua chamada. Em alguns casos, ele também pode ser usado para repreender os que se levantam contra a obra que lhe foi confiada.

O registro bíblico fala que Jesus testificou. Ora, todo testemunho dado por Cristo deve ser levado a sério, afinal, Ele jamais disse ou dirá algo que não seja estritamente a verdade. Por isso, uma vez que o Mestre falou tais palavras, nenhum profeta deve esperar ser honrado no meio dos seus. Essa é uma lei espiritual que jamais será cancelada ou modificada. Sendo assim, todos os que forem convocados para esse santo ministério podem considerar-se avisados de que não há honra para um profeta em sua pátria. Não sei se o Senhor não permitiu que assim fosse, ou se é algo que, por inveja, os homens fazem. Certo é que os profetas devem esperar que eles sejam honrados no meio dos que não são seus concidadãos. Na verdade, o reconhecimento de um homem de Deus deve vir somente do próprio Senhor – e isso ocorrerá longe dos seus parentes e concidadãos.

Muitos podem questionar: “O que deve fazer um profeta sem honra?”. Dar continuidade à missão que recebeu do Altíssimo: realizar a obra divina e continuar a falar do amor do Pai – independentemente se não é honrado ou se o perseguem –, pois, um dia, o justo Juiz irá coroá-lo. Portanto, até que esse momento chegue, cumpre a quem foi chamado pelo Senhor continuar a servir-Lhe, sem aguardar glória ou recompensa de quem quer que seja.

Agora, quando o Pai decide exaltar o profeta, este deve prestar ao Senhor a verdadeira honra. Quem faz algo para a obra divina e, por isso, é aplaudido precisa orar para não cair em tentação, pois o espírito humano pode inchar-se e, então, desligar-se de Deus. De fato, muitos que foram usados pelo Altíssimo deixaram “o pavão” abrir suas asas no seu coração e, levados pela vaidade, perderam sua posição em Jesus.

A família de um servo do Altíssimo deve ser igual à de Jesus, o qual disse que Sua mãe e Seus irmãos eram aqueles que ouviam a Palavra de Deus e A executavam (Lucas 8.21). Meu irmão, parece inacreditável, mas há parentes e amigos de infância capazes de nos fazer um grande mal, pois, se derem permissão a Satanás e forem usados por ele para nos elogiar, podem fazer com que nos achemos melhores que as outras pessoas. Há também aqueles que serão usados de forma totalmente diferente, dizendo que não somos nada e que o nosso serviço é para o proveito próprio. Ora, só existe um a que devemos dar ouvidos: o Senhor, pois Ele jamais nos levará ao erro; ao contrário, confirmará nossa chamada. Devemos respeitá-lO e confiar nEle em qualquer situação. Agir dessa forma é de suma importância para quem quer ser um servo abençoado.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Gostoria que o senhor me esclarecesse o seguinte: Sou convertida há 2 anos. Antes levava vida de mundo mesmo. Saia muito, ia dançar, bebia, fumava, "namorava" etc. Agora que...

Mas foi mesmo outra pessoa que viveu tudo aquilo. O que está acontecendo com você, é que agora é Cristo que vive em você (2Co 5.17). Arrepender-se é, entre outras coisas,...

»VEJA MAIS