ongrace.com

> Mensagem de Hoje

15/07/2018 - O PROPÓSITO DAS OBRAS DE DEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Para que todos honrem o Filho, como honram o Pai. Quem não honra o Filho não honra o Pai, que o enviou.    João 5.23


Ao ouvir Jesus dizer-Se Filho de Deus, os judeus procuravam mais ainda matá-Lo, porque, na visão deles, Ele não somente violava o sábado, mas também Se igualava ao Senhor. Com toda paciência, o Mestre os ajudava a entender que Suas palavras eram verdadeiras: Ele e o Pai eram um. Por isso, eles deveriam honrá-Lo. Mas, como a compreensão deles era limitada, eles não aceitavam esse fato. Cristo era o Mestre!

O Salvador tentava mostrar-lhes que, de Si mesmo, Ele não podia fazer nada, a não ser cumprir a vontade do Pai. Isso nos ensina a sermos pacientes com os incrédulos, pois as doutrinas das religiões fecham a mente humana. A Palavra não é doutrina para ser entendida em termos racionais, e sim espirituais. Assim, devemos ter paciência com quem ainda não nasceu de novo, pois o coração não regenerado desconhece a Verdade.

Até hoje, mesmo em países considerados cristãos, indivíduos sentem dificuldade de entender as Escrituras, por isso não são salvos. No entanto, com paciência e a ajuda do Espírito Santo, destruiremos essas resistências. Então, muitos se maravilharão com a mensagem do Evangelho e a aceitarão. Uma das maneiras de romper essas barreiras são as obras feitas em o Nome de Jesus, principalmente a libertação dos oprimidos.

Os evangelizadores precisam buscar do Senhor a unção para quebrar o jugo que impede os perdidos de pensarem diferente dos ensinamentos segundo os quais foram criados. Porém, ao aprenderem a Palavra e provarem o dom celestial, eles se tornam genuinamente convertidos e, consequentemente, vitoriosos. Os feitos realizados em o Nome de Jesus levam o ímpio mais endurecido a entender a vontade divina, gerando a conversão dele.

É importante não nos precipitarmos e, por exemplo, orarmos por todas as pessoas para que fiquem curadas, e sim ver o que o Senhor deseja que façamos. Então, ao Lhe obedecermos, os resultados serão maravilhosos. Jesus disse que o Pai ainda mostraria aos Seus filhos maiores obras para que se maravilhassem. Também devemos buscar isso, para vermos milhões de pecadores se renderem ao Reino dos Céus. A dica para a obtenção de bons resultados foi dada.

Há coisas que somente o Salvador pode executar, mas, se pedirmos a Ele que vivifique os mortos espirituais – o que, de fato, Ele quer fazer –, veremos multidões darem o primeiro passo rumo à salvação. Se elas forem vivificadas, temos de ensiná-las com urgência. Necessitamos trabalhar com o Pai a fim de dar a todos a oportunidade de serem salvos e aprenderem a proceder como Jesus.

Tudo o que cumprimos com o auxílio do poder do Alto, curando enfermos, libertando os oprimidos e levando a paz às pessoas, é para que elas honrem o Filho e o Pai. Quem não honra o Filho não honra o Pai. Nessa batalha, é preciso paciência. Quando todos os perdidos honrarem o Filho, nós nos daremos por satisfeitos. O objetivo é levar a salvação à humanidade.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, nosso Exemplo! O estrago do pecado afeta a quem se entrega a ele. Ora, as pessoas devem honrar o Teu Filho, pois elas só honram a Ti, e isso de modo imperfeito. Ajuda-nos a levar todos a exaltar o Senhor Jesus!

A luta de Cristo para os seres humanos aprenderem a Te glorificar era enorme. Os judeus não conseguiam ver que a cura daquele aleijado do tanque de Betesda era o sinal para que entendessem que Tu, por intermédio de Jesus, fazias as obras. 

Desejamos Te ver operando os sinais entre os perdidos. Senhor! Queremos aprender a cooperar Contigo na realização do Teu querer. Ensina-nos a andar ao Teu lado, seguindo os Teus passos. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

MISSIONÁRIO, GOSTARIA DE SABER SE O SENHOR COMEMORA O "NATAL",POIS SE JESUS NÃO NASCEU NESTE DIA,AO QUAL ERA DEDICADO A um deus pagão,NÃO ERRA OS CRENTES QUE O FAZEM? EU...

Em Romanos 14 a Palavra de Deus nos ensina a respeitar os que pensam diferentemente de nós e a convivermos em paz na mesma fé. Há aqueles que acham que embora o dia 25 de...

»VEJA MAIS