ongrace.com

> Mensagem de Hoje

28/02/2015 - O QUE O DIABO TEM EM VOCÊ

  • Envie por Email
  • Imprimir
Já não falarei muito convosco, porque se aproxima o príncipe deste mundo e nada tem em mim.  João 14.30

Ouça a mensagem

Hoje, Deus fala pelas Escrituras e pela ação do Seu Espírito, que nos ensina tudo. O bem que Ele nos fez, quando a nossa salvação foi realizada, é maior do que podemos entender, pois, por tal obra, somos filhos e herdeiros dEle, sendo coerdeiros com Jesus. Participamos desse lindo plano desde o início e, quando o curso da nossa vida acabar na Terra, viveremos ao lado de Jesus para sempre.

A voz do Senhor ainda é a mesma da criação: imperativa, mandatória e poderosa para resolver qualquer situação embaraçosa e perturbadora. Fomos criados por ela, nela e para ela; por isso, o homem só se completa quando aceita Jesus como Senhor de sua vida. Então, ao abrir a porta de sua casa – o seu coração –, o Mestre começa a mostrar o caminho da felicidade. Assim, também ocorre conosco, quando O recebemos como Salvador.

Quando o príncipe deste mundo se aproximou de Jesus, Este teve de falar menos do que queria, pois ainda iria desfazer a obra maligna realizada no Éden. Cristo obteve 100% de sucesso, pois despiu a velha serpente da autoridade que havia tomado do homem. O Senhor, o qual tem todo o poder nos Céus e na Terra, ainda nos passou uma procuração, dizendo que tudo o que determinássemos em Seu Nome Ele faria (Jo 14.13).

Hoje, Ele fala conosco a todo momento, na proporção que podemos suportar, e nos ensina a andar em Sua Palavra. O que aprendemos no Livro Santo é a plena Verdade e, com cada  informação, nos desligamos das forças do mal e passamos a ter comunhão com Pai. Os ensinamentos recebidos do Altíssimo são como um mapa para ocuparmos o nosso lugar nEle.

O diabo não tinha nada em Jesus, mas O teria em suas mãos para que a obra de redenção não fosse realizada. O inimigo não sabia que o Filho de Deus iria desfazer toda a mentirosa disseminada por ele, ao enganar Adão e Eva. Em breve, ele perderia o poder tomado do homem e, com isso, todo o cativeiro seria levado cativo, e os homens receberiam dons (Ef 4.8). A sua posição atual em relação ao diabo é de supremacia completa.

Tudo o que precisava ser feito para sermos resgatados das mãos de Satanás foi realizado. Devido a esse plano, estamos completa e eternamente livres de qualquer mal, seja em qual área for. Não há como permanecermos nas mãos dele, pois, com o Senhor em nós, temos o fogo consumidor (Hb 12.29). Se o maligno tentar nos tocar, receberá esse fogo e não o aguentará.

Portanto, levante-se como filho de Deus e faça valer os seus direitos em Cristo. Não se submeta mais ao domínio do mal, pois você é “território” liberto. Só Jesus possui autoridade hoje, porque Ele venceu o inimigo e, assim, fez calar para sempre os argumentos imundos desse ser desprezível. Viva a sua liberdade em Quem o comprou de volta!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor da Palavra! Obrigado por teres calado o diabo para sempre. Os argumentos dele já não mais enganam a quem ouve a Tua Palavra e crê nela, pois ela é Verdade absoluta. Graças Te dou pelo que fizeste por nós.

Agora, o diabo não tem mais nada em nós. Sendo libertos por Jesus, somos como Ele – completamente Teus – e, como filhos, membros do Corpo de Cristo, ungidos para falar das Boas-Novas. Louvo o Teu Nome pelo Teu poder de libertar os cativos do maligno.

Queremos ouvir tudo o que tens a nos dizer, pois o pecado não impera em nós. Por isso, se o príncipe do mundo se aproximar, temos autoridade para repreendê-lo e não deixar que realize suas obras em nossa vida. É lindo pertencer e ser usado por Ti. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário , sou casada há três anos , quando eu casei meu marido servia à Deus juntamente comigo , mas passando -se aproximadamente um ano , por motivo de trabalho , ele...

Seu marido precisa é de conversão. O fato dele ter freqüentado uma igreja na época do namoro não significa que ele fosse do Senhor. Aliás, permita-me dizer que o namoro...

»VEJA MAIS