ongrace.com

> Mensagem de Hoje

01/11/2009 - O QUE VOCÊ FARÁ?

  • Envie por Email
  • Imprimir



“O lábio de verdade ficará para sempre, mas a língua mentirosa dura só um momento” (Provérbios 12.19).

Não há nada melhor do que falar a verdade em todo o tempo, pois quem assim age só tem alegria em toda a sua vida e jamais é envergonhado. Já aquele que faz uso da mentira sempre está arranjando desculpas para encobrir sua farsa. Então, quando uma pessoa lhe pergunta sobre algo que ele declarou certa vez, fica sobressaltado e confuso, na dúvida se, realmente, ela não sabia a resposta ou o questionou apenas para testá-lo. O mentiroso é um eterno sofredor. Por outro lado, quem tem o lábio de verdade é tranquilo, fala com convicção e nunca é envergonhado, pois tem ao seu lado o Todo-Poderoso.

É maravilhoso ouvir uma boa história de alguém, mas, se tempos depois, ao reencontrá-lo e fizer menção daquela história, ele ficar sem jeito e disser que não se lembra de nada – ou até mesmo negar que falara tal coisa –, você ficará frustrado, não é verdade? Ora, o mentiroso é servo do diabo e, por isso, não merece confiança. Portanto, quem obedece ao maligno tem problemas em todas as áreas de sua vida, afinal, nada pode ir bem para quem faz uso do engano. Talvez, o mentiroso tenha aprendido a orar de modo correto, e alguém, em um apressado julgamento, seja capaz de dizer que ele ora melhor do que aquele que profere a verdade, mas ele nunca recebe do Senhor uma resposta sequer.

A pessoa que tem o inimigo em seu coração está sempre transmitindo más informações a respeito de outrem. É praticamente impossível que ela tenha amigos verdadeiros, pois, por estar sempre dissimulando, afasta até os mais bem-intencionados. Qualquer atributo que ela possua perde o valor por causa seu comportamento falso e enganoso.

O indivíduo que mantém a falsidade nos lábios é alguém perigoso, porque, como um abismo chama outro abismo, seu caráter atrai tantos companheiros ruins, que ele pode vir a cometer algum crime (Salmo 42.7). Sua alma dominada pela perversidade não vê limites para enganar e não mede esforços para se manter escondida. Com isso, ele pode concluir que eliminar alguém é o único caminho para se preservar, e, como é mentiroso, negará cinicamente que tenha sido dele a autoria de tamanha maldade.

Definitivamente, não se pode confiar em quem não fala a verdade. Ao nos dar tal revelação, o Senhor nos ensina o caminho certo: quem tiver o lábio verdadeiro ficará para sempre na presença de Deus; já o possuidor da língua mentirosa será, em breve, descoberto e envergonhado. O mentiroso jamais caminhará ao lado de Jesus, pois a Verdade não convive com a mentira.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração