ongrace.com

> Mensagem de Hoje

17/10/2014 - O SENHOR DÁ OUVIDOS A QUEM CLAMA

  • Envie por Email
  • Imprimir
Então, tomou Samuel um cordeiro que ainda mamava e sacrificou-o inteiro em holocausto ao SENHOR; e clamou Samuel ao SENHOR por Israel, e o SENHOR lhe deu ouvidos.  1 Samuel 7.9


Os filisteus não tinham a intenção de “brincar” com os israelitas, e sim exterminá-los, já que todos estavam congregando em Mispa. O que para as forças das trevas é sinal de sucesso, na verdade, é fracasso total. Por isso, você não deve temer as ameaças do diabo, mas, sim, firmar-se nas direções do Senhor, seguindo-as. Assim, o nosso Deus cumprirá o que tem dito a seu respeito.

O adversário é sempre mau e não merece crédito. Ele é capaz de fazer uns dos cônjuges pensar que surgiu em seu caminho uma pessoa que irá realizá-lo de fato. Com isso, ele deixa a sua metade e se envolve em um romance planejado no Inferno. Sem dúvida, esse espírito tirará tudo desse indivíduo, pois o desejo do diabo é arrastá-lo para a perdição. Quem serve a Deus rejeita a oferta do maligno.

Os israelitas sentiram a pressão do momento e pediram a intercessão de Samuel. O profeta já sabia como procederia em relação àquela causa, pois pegou um cordeiro que mamava, considerado “inocente”, e o sacrificou por inteiro ao Senhor. A oração que você oferecer a Deus tem vir de um coração puro, com palavras nunca usadas antes.

Quando o homem de Deus clamou, o Altíssimo lhe deu ouvidos. Hoje, Ele fará o mesmo a todo aquele que, estando em uma situação difícil, abrir seu coração, orando com todas as suas forças e de toda a sua alma. Ao orar, Samuel moveu a mão divina contra os inimigos. O clamor de quem crê no Senhor faz o Todo-Poderoso entrar em ação e desfazer todos os planos do maligno. Com Deus em ação, com certeza o inimigo bate em retirada.

Você pode pedir pela sua vida, família e cidade, pelo seu estado, por todo o país ou pelo mundo inteiro, se sentir a direção do Altíssimo para tal ato. Entretanto, não clame aleatoriamente, porque, antes, é preciso ter a revelação da Palavra, conhecer a Verdade. Somos ordenados a pregar o Evangelho e, assim, realizar os sinais na vida de quem crê. Quem recebeu uma missão possui o poder para fazer tal empreendimento. 

É impossível o Pai eterno não atender à oração das pessoas que seguem a Sua direção. Ele é quem faz a obra, mas é necessário que alguém do “curral das ovelhas” se ofereça para ser usado por Ele. Samuel conhecia sua posição e, por isso, clamou ao Senhor dos Exércitos para entrar em ação. Quem conhece o Salvador sabe que Ele há de honrar todas as suas atitudes.

Acerte-se com o Altíssimo e, ao ocupar a sua posição no Reino dos Céus, você será recompensado por Ele. Ele dá ouvidos a quem faz a Sua vontade e se assume como Seu servo, mesmo estando diante de um grande perigo. O Senhor precisa que você esteja firme no trabalho que lhe foi destinado, a fim de cumprir Sua promessa. 

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, Aquele que nos ouve! Sem dúvida, o inimigo não brinca com a nossa vida, mas luta para nos destruir. Pai! Precisamos do Teu auxílio, pois não queremos temer diante das ameaças do diabo nem Te desonrar pecando.

O que o maligno nos oferece é como um passaporte para o Inferno. A pressão tem sido grande e, por isso, clamamos por Teu socorro. Tem misericórdia dos meus leitores! Eles são tenros na fé e, por isso, precisam de Ti.

Tens prazer em nos dar ouvidos para nos levar à liberdade. Por isso, Senhor, clamo pela minha vida e família, pelos meus leitores e suas famílias e também por todos os que estão sendo empurrados pela avalanche de erros que oprimem muitos.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

missionário a paz do senhor! eu gostaria de saber quando é que ficamos sabendo se o nosso tempo em uma determinada igreja está chegando ou isso é coisa de alguns pastores...

A igreja existe para fazer a obra de Deus neste mundo e para aperfeiçoar seus membros, uma vez que ela é o Corpo de Cristo (Ef 4.11-16). Não vejo na Palavra de Deus nada que...

»VEJA MAIS