ongrace.com

> Mensagem de Hoje

28/09/2014 - O SONHO DE DEUS REALIZADO EM VOCÊ

  • Envie por Email
  • Imprimir
Eis que os olhos do Senhor JEOVÁ estão contra este reino pecador, e eu o destruirei de sobre a face da terra; mas não destruirei de todo a casa de Jacó, diz o SENHOR..  Amós 9.8


O reino de Israel ultrapassou o limite da paciência do Senhor. Deus usou todos os meios para conduzir Seus amados à sensatez, mas eles não Lhe deram ouvidos. Isso serve de aviso para quem não se importa com as advertências da Palavra. Um dia, quando menos esperar, verá que o Onipotente o abandonou e, então, só lhe restará marchar para o suplício eterno. Cuide-se para que isso não aconteça com você.

Uma dos erros de muitas pessoas é deixarem-se levar pela tentação de achar que são especiais e, por isso, podem cometer alguma transgressão. Ora, o pecado consciente é o pior de ser perdoado, pois o indivíduo sabia o que fazia. Apenas um arrependimento verdadeiro o levará a conseguir o perdão. A luta do salvo contra as astutas ciladas malignas é constante, mas, se realmente ele for de Deus, ele verá a saída nas Escrituras e as utilizará.

A falsa segurança é um perigo para o cristão sem juízo. Ele se parece com quem empilha objetos e, cada vez que coloca algum um pouco fora da pilha, ela balança. Com o tempo, desmoronará. Assim é aquele que acrescenta um pouco mais de pecado em sua vida e julga que nada lhe acontecerá; porém, chegará o momento de tudo ruir.

Antes de cair, Israel se sentia seguro. Tanto Amós como Oseias se esforçaram para isso não ocorrer; mas, infelizmente, as dez tribos não se converteram. A prosperidade daqueles dias os cegou de tal maneira, que não viam nada demais nos bezerros de ouro feitos por Jeroboão. Do mesmo modo, hoje, há quem não vê nada demais na apostasia. A falsa segurança da prosperidade irá levá-los à derrota.

Agimos de modo igual aos israelitas, pois não temos buscado verdadeiramente o Senhor, e sim o que Ele pode fazer por nós. Por isso, nem examinamos nossos procedimentos. Quando sentimos que nossas ações não são corretas, oramos pedindo perdão, porém, tão logo nos sentimos perdoados, voltamos à mesma prática. A Palavra de Deus tem nos advertido, mas parece que não nos importamos com Suas orientações, e, assim, triste fim nos espera.

A profecia de Amós serve para os nossos dias, pois todos aqueles que se derem ao pecado serão destruídos à espada. A sentença não será mudada, mas o Altíssimo quer nos mudar para não sermos condenados. Somente quem O ama deixa o caminho do erro. A nossa atitude em relação à Palavra norteará o nosso julgamento.

Na volta de Jesus, quem estiver na iniquidade irá diretamente para a condenação eterna; no entanto, os piedosos serão poupados. Se esse dia fosse hoje, que sentença seria emitida a seu respeito? Então, você sabe o que fazer, não é? O Senhor o avisa por querer o seu bem, para fazer o sonho dEle se realizar em você. Por isso, não O frustre.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Clemente Deus! Como foram insensatos os israelitas ao rejeitarem Tuas advertências. Infelizmente, também temos feito o mesmo, e o perigo está no fato de que a Tua Palavra se cumprirá totalmente. Pai! Precisamos nos acertar Contigo de todo o coração.

Temos de ser livres da concupiscência – desejos desenfreados –, da qual tanto a Bíblia fala. Precisamos Te respeitar e Te alegrar com o tipo de vida que desejas ver em nós, Teus filhos. Afinal, Tu nos salvaste para desfrutarmos da Tua santidade. Aleluia!

Senhor! É muito bom andar sem que a consciência nos acuse, descansando em Teus braços e sentindo a Tua presença. Se estivermos bem Contigo, viveremos bem e não seremos condenados no grande Dia. Ajuda-nos!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração