ongrace.com

> Mensagem de Hoje

31/05/2018 - O TÉRMINO DA MISSÃO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E disse-lhes: Da idade de cento e vinte anos sou eu hoje; já não poderei mais sair e entrar; além disso, o SENHOR me disse: Não passarás o Jordão. Deuteronômio 31.2

Ouça a mensagem

Há tempo de nascer e tempo de morrer (Ec 3.2), por isso devemos andar diante de Deus como Ele tem dito na Sua Palavra: de modo irrepreensível. Não sabemos quando se dará a nossa partida. Porém, se estivermos em pecado na hora da nossa morte, que pode acontecer inesperadamente, o nosso destino será o abismo, o suplício eterno. O pecado nos separa de Deus (Is 59.2).

Havia dois aspectos sobre os quais Moisés falou a respeito de sua proibição de entrar na Terra Prometida. O primeiro era a idade física, pois o corpo daquele líder estava desgastado, e isso ocorrerá com todas as pessoas, salvas ou não. Quando a hora de partir chega, não há como evitar esse momento, a menos que a pessoa tenha fé como Ezequias, que, ao saber de sua morte, virou o rosto para a parede e suplicou por mais tempo. Ele ganhou mais 15 anos.

O segundo elemento discutido por Moisés era o fato de que Deus lhe havia dito: Não passarás o Jordão. Essa decisão do Senhor se deu porque Moisés feriu a rocha na segunda ocasião, duas vezes. Ele não deu atenção ao Todo-Poderoso, quando disse que falasse ao rochedo. Da primeira vez em que extraiu água para os hebreus, ele teve de feri-la com o seu cajado. No entanto, da segunda vez, chateado com a murmuração do seu povo, após uma dura mensagem dirigida a eles, por duas vezes, feriu a rocha. O problema era que esse agregado rochoso representava Jesus. 

É bom verificar como você tem andado. Ao sentir algum desvio da missão que o Altíssimo lhe deu, busque o perdão divino e endireite-se. Fique atento, pois o diabo usará meios sujos para tirá-lo da presença divina. Assim, a obra que Deus lhe confiou não será feita, e você pagará a conta. Não seja omisso no cumprimento do dever para com os Céus!

Lembre-se da semente que caiu entre espinhos (Mt 13.7). O que essa vegetação representa? Essa semente sufocada não consegue sol o bastante para produzir segundo a sua espécie. Ela até brota, mas a planta fica retorcida, sem força e desengonçada, como uma anomalia. Isso se dá por causa da fascinação das riquezas, dos cuidados da vida e da ambição de outras coisas (Mt 13.22). Cuidado!

Se você não pode ajudar a obra de Deus a andar segundo a direção dEle, não atrapalhe, pois quem prejudicar o trabalho do Santo Espírito receberá a sua pena. Por que se esforçar por tanto tempo, e, de um momento para o outro, deixar-se levar pelas mentiras do acusador? Claro que Moisés não se perdeu, mas sofreu as consequências de sua atitude impensada. 

Permita que o Altíssimo o use! Quando chegar ao seu ápice na vida, você verá como foi bom ter sido um servo fiel e interessado no crescimento da obra. Na volta de Jesus, os que não subirem verão o quanto perderam. Ele virá buscar os Seus, mas os ímpios serão excluídos. Vigie e ore!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor! Quando somos chamados para a Tua obra, em qualquer parte do santo trabalho, devemos buscar a Tua orientação e cumpri-la. Mas, sabendo que o inimigo nos tentará, precisaremos da Tua unção, proteção e direção.

A Igreja é Tua. Por isso, não podemos colocar na obra os nossos pensamentos nem coisas pecaminosas que mancharão a linda atuação do Teu Espírito. Nada do homem será aproveitado. Precisamos conhecer o Teu plano de salvação.

Além do impedimento da idade, Moisés teve a proibição de entrar em Canaã, pelo fato de ter se excedido no cumprimento do dever. Isso é sério! O que será de nós se não realizarmos a missão como Tu tens nos dito? Ajuda-nos!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, eu conheço um pastor que foi expulso da Igreja Universal e hoje é bispo numa outra denominação. Esse pastor quando expulso, foi ameaçado pela antiga...

É sabido que não gosto de comentar atitudes de igrejas irmãs, pois quem sou eu para julgar o servo alheio (Rm 14.1-4)? Se o pastor expulso foi ou não injustiçado e se a...

»VEJA MAIS