ongrace.com

> Mensagem de Hoje

03/07/2014 - OBRAS ERRADAS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Antes, no coração forjais iniquidades; sobre a terra fazeis pesar a violência das vossas mãos. Salmo 58.2


A corrupção é uma praga que tem infestado todas as esferas da sociedade. Algumas pessoas dizem que não há cura para ela, e o pior é que esse mal tem atingido até membros da congregação santa do Senhor. Só mesmo respeitando a Palavra de Deus, alguém pode escapar de tal prática, a qual, hoje, domina quase cem por cento dos que estão no setor de compras das empresas e em muitas administrações públicas.

Não é pequeno o número dos que se sujaram com diversos pecados e, por causa disso, não têm mais condições de falar de justiça. A culpa não é de Deus; ao contrário, Ele adverte contra as tentações que estão em todas as partes, por isso os que se corrompem são responsáveis pelos seus atos pecaminosos. Há muita gente que deveria dar lugar ao mandamento divino no coração, mas o utiliza para forjar iniquidades, intentos do inimigo.

Não há explicação para a pessoa que ouve a Palavra de Deus e continua no erro. Ela é suave, mas poderosa. No último Dia, seremos julgados pelo que fizemos ou deixamos de fazer com o recado que ela nos dá. Os que têm juízo, ao descobrirem que certas atitudes desagradam ao Senhor, pedem perdão e abandonam o erro. Já os néscios acham que jamais serão surpreendidos e se deixam levar pela tentação, porém, quando abrirem os olhos, será tarde demais.

Quem já está no erro, mesmo que não esteja totalmente envolvido no pecado, no mínimo, forja planos que o levarão às mãos do maligno. Quando a iniquidade é concebida, ela não só pode trazer algo ruim, como também impedir a prática da justiça divina. Não adiantará a pessoa orar, suplicar o favor celeste, se ela está ligada às atitudes condenadas pelo Senhor. Os que são de Deus devem se limpar de todo erro e não mais se sujar.

As mãos que não estão limpas estão cheias de violência e, quando alguém julga com elas desse modo, tal ato pesa sobre a terra e, com isso, muitos sofrem. Toda posição que você toma é um julgamento. Quem esconde o erro ou planeja algum pecado, de igual modo, faz com que a violência das suas mãos pese. No entanto, os que se consagram a Deus podem e devem levantar mãos santas, nas quais não há ira nem violência. Esses agradam ao Altíssimo!

As nossas orações também são julgamentos, decisões, que nos absolverão ou nos condenarão. Por isso, observe como você tem vivido e se, por acaso, tem-se dado a qualquer erro. Não ore por outra causa a não ser para se livrar da fraqueza que o prende. Aquele que cedeu à tentação se tornou servo dela; por isso, tem de clamar a fim de que o Senhor o guarde de toda a investida maligna. O Pai eterno liberta os sinceros!

O Altíssimo garante que seremos condenados ou absolvidos dos nossos atos, dependendo unicamente da maneira como agimos. Se bancarmos os fariseus, os nossos pecados permanecerão e, assim, não seremos perdoados. Mas, se formos sinceros e confessarmos nossas faltas, o Pai amado nos perdoará e justificará.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus da Verdade! Como a corrupção tem prejudicado a Tua obra, atingindo até os membros da congregação santa do Senhor! Com isso, todos sofrem, pois aqueles que deveriam ser libertadores, pelo erro que têm cometido, estão autorizando a entrada das obras malignas.

Quantos se sujam em pecados e não querem confessá-los! Os salvos não sabem que, se seguissem Tuas orientações, seriam perdoados. Mas, porque não são sinceros, fecham o coração para Tuas operações. Só faz a Tua obra quem fala e vive a Verdade.

Misericórdia para essas pessoas, pois estão deixando o inimigo usá-las. Não podemos esconder nossos erros, e sim confessá-los. Dá-nos mãos limpas, corações puros e fé sem comprometimento com o maligno. Não queremos que nossas mãos pesem com a violência.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração