ongrace.com

> Mensagem de Hoje

14/09/2019 - OBRAS PESADAS NA BALANÇA

  • Envie por Email
  • Imprimir
Não multipliqueis palavras de altíssimas altivezas, nem saiam coisas árduas da vossa boca; porque o SENHOR é o Deus da sabedoria, e por ele são as obras pesadas na balança. 1 Samuel 2.3


Ana era uma mulher simples, uma camponesa da tribo de Efraim, a qual entendeu quão perigoso era contar vantagens e, no seu cântico, fez-nos esse aviso. Quem não conhece as Escrituras é influenciado pelas mentiras do maligno e pode perder o controle das palavras que profere, ferindo as pessoas ao seu redor com arrogância. Deixar-se levar por isso trará condenação; tudo vem de Deus e existe para a glória dEle! 

O Pai depositou no coração do homem o amor-próprio, e esse sentimento o ajuda a viver as promessas divinas. Nenhuma proposta infernal de inferioridade prevalecerá sobre aquele que teme a Deus. Pela fé em Cristo, declaramos a nossa vitória, pois nos sentimos dignos dela. Errado é transformar essa autoestima em orgulho, multiplicando palavras de vaidade, as quais levam à ruína (Pv 16.18).

Tanto uma pessoa com boa formação como alguém sem qualquer instrução escolar pode ser usado pelo Senhor. Jamais despreze um filho do Altíssimo, porque as orientações dele poderão livrá-lo das tramas do mal. A prudência de Ana, por exemplo, constantemente humilhada pela soberba de Penina, outra esposa de Elcana, revela que todos quantos se submetem a Deus obtêm o Seu favor: Ana gerou Samuel, o maior profeta de Israel.

Louve o Senhor na bênção ou na provação, converta o coração a Ele e à Sua Palavra, e você não será iludido pelo maligno. Tomar posse das bênçãos divinas firmará os seus pés e os guardará da dúvida. Além disso, quem coloca a vida debaixo da unção das Escrituras recebe poder para surpreender as pessoas ao seu redor. Embora fosse estéril, Ana perseverou em suas declarações de fé e se tornou mãe de muitos filhos (1 Sm 2.5)

Quem foi abençoado não pode considerar-se melhor do que alguém cuja bênção ainda não chegou. Se permitirmos a intromissão do diabo ao encher a nossa boca de soberba, será impossível amar o nosso próximo e servir a Deus. É um mandamento divino querer para o outro o que desejamos para nós (Mc 12.31). As pessoas devem ver o amor de Cristo refletido em nossa vida. Assim, seremos pesados e não se achará falta em nós.

Caso lhe falte entendimento, peça-o ao Deus da sabedoria! Humilhe-se diante dEle com fé, a fim de experimentar a Sua bondade (Tg 1.5). O coração de Ana vertia amargura, mas ela continuou a adorar o Senhor, derramando a alma em oração. Então, quando o sacerdote do templo pensou que ela estivesse embriagada, aquela mulher confessou a bênção que ansiava e a recebeu. E você, como agirá?

Assuma a posição de filho de Deus e declare palavras de vitória! O Senhor pesará essas confissões em uma balança e operará em sua vida conforme a medida de cada uma delas. Que não haja faltas! Entre em juízo com o Pai em oração, pois somente Ele conhece os pensamentos e é capaz de provar as intenções de um coração, recompensando-o segundo suas ações (Jr 17.10).

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus da sabedoria! Ana buscou o Teu favor com determinação e foi recompensada conforme a medida da sua fé. Quando ela louvou o Teu Nome, todos souberam que a estéril dera à luz filhos, e Tu foste engrandecido em Israel. Aleluia!

Queremos colaborar com Teus planos, gerando as bênçãos destinadas a nós. A esposa de Elcana podia vangloriar-se do amor do marido, comparando-o ao de dez filhos, mas humilhou-se diante de Deus e obteve vitória com a qual sonhava.

Pai, dá-nos o Teu entendimento, pois temos de agradar a Ti com nossas palavras e ações, deixando a soberba e dando lugar a um espírito humilhado. Desse modo, a Tua luz brilhará em nós! Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração