ongrace.com

> Mensagem de Hoje

09/02/2020 - OS VERDADEIROS BEM-AVENTURADOS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Bem-aventurados aqueles cujas maldades são perdoadas, e cujos pecados são cobertos.   Romanos 4.7


Uma pessoa pode ter sido usada pelo inimigo dos modos mais vis; porém, se aprender que Jesus pagou o preço dos pecados dela, será perdoada e salva. Eis a verdade: nesta vida, ninguém consegue viver sem cometer erros, imagine sem o concurso do novo nascimento! Infelizmente, muitos salvos não seguem a orientação do Mestre para vigiar e orar, buscando, assim, santificar-se cada vez mais. Então, acabam caindo transgressões. A saída é confessá-las para serem perdoados.

No Antigo Testamento, era bem-aventurado quem conseguia o perdão pela maldade feita contra alguém, si mesmo ou Deus. Entretanto, a salvação, de fato, só foi possível após Jesus ter derramado Seu sangue na cruz. Era grande benefício ter seu pecado coberto, mas, no pagamento realizado pelo Salvador, tudo foi incluído. Antes da morte de Cristo, os servos de Deus esperavam a obra definitiva do Messias.

Depois de nos tornarmos novas criaturas em Cristo, perdemos aquele ímpeto que nos fazia errar e não temos mais maldade em relação a ninguém. Mas veja, se você é salvo e pecou, não precisa passar pelo novo nascimento novamente. Utilize o escape divino, contando a sua iniquidade a Deus e crendo que foi ouvido (1 Jo 1.9).

Ao comerem do fruto proibido no Jardim do Paraíso, nossos primeiros pais cometeram um grave erro. Eles desobedeceram a ordem do Altíssimo e, por isso, desligaram-se dEle. Logo viram que tal ação contaminou sua natureza. Então, foram rebaixados a uma condição que jamais esperavam ter – a de pecadores. A má atitude deu ao diabo poder sobre eles.

Todo pecado acarreta um grande sofrimento. É impossível pecar e ficar impune. A única saída é reconhecer o que fez e pedir perdão. Alguns pecados devem ser confessados apenas ao Senhor; outros, à pessoa a quem causamos prejuízo financeiro, moral ou espiritual. Se a pessoa que receber a confissão não perdoar, ela não será perdoada pelo Altíssimo. Misericórdia!

Pecados não são somente os atos físicos, mas também as intenções do coração. Quanto a isso, Jesus declarou: Qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar já em seu coração cometeu adultério com ela (Mt 5.27). Não há um justo no mundo, capaz de dizer que nunca pecou (Rm 3.10). Muitas vezes, condenamos alguém por ter feito algo errado, mas, provavelmente, temos cometido algo bem pior. Bom é nunca permitirmos que o demônio da vergonha nos domine. Precisamos expor a Deus todas as nossas falhas.

Faça um exame introspectivo e verifique se a sua maneira de falar e portar-se diante dos outros estão corretos. Reflita: os seus propósitos que o levaram a dizer algo, ou o modo como você se aproximou de alguém eram malignos? Deus olha o coração, e não a simulação que, às vezes, fazemos para demonstrar amizade e outros sentimentos.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, nosso Substituto! A ida do Teu Filho ao Calvário tinha o propósito de proporcionar ao homem a salvação completa. Esse é o motivo pelo qual Tu nos mandas ir pelo mundo, dando a todos a chance de se acertarem Contigo e serem salvos.

Triste será o destino da pessoa que se mostrou santa, mas, na verdade, tinha outro propósito no que falava ou fazia. Tu sondas o coração e a mente. És o Único que pode nos conceder o perdão e nos fazer participar da Tua santa natureza. Obrigado, Amigo!

Que sejamos abençoados por esta palavra! Quem ler esta mensagem deve tirar do seu coração qualquer pensamento maligno. O Teu perdão é concedido a todos, pois Cristo morreu até pelos piores pecadores!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Deus permite q seus filhos sofram abuso sexual? aqueles que o sofreram, o que devem fazer? (sendo posto que essa situação é profundamente...

Todo tipo de mal vem do inimigo de nossas almas, não do Senhor Deus. As pessoas que sofreram abuso de qualquer ordem precisam ser curadas das feridas interiores e nada melhor...

»VEJA MAIS