ongrace.com

> Mensagem de Hoje

18/10/2015 - PASSADO E PRESENTE IMPORTANTES

  • Envie por Email
  • Imprimir
Por um pequeno momento, te deixei, mas com grande misericórdia te recolherei. Isaías 54.7


A criação do homem foi um momento de muita alegria e realização para o Senhor; afinal, Ele criou um ser à Sua imagem e semelhança, para andar com Ele e participar da Sua linda e operante vontade (Gn 1.26). De início, Ele fez desfilar perante Adão todos os seres que havia criado, a fim de que desse nome a todos eles. O homem pecou e, com isso, abriu a porta para o diabo entrar em nosso mundo e se tornar o deus desta Terra.

Ao surgir o pecado, o Senhor não podia mais permitir que o homem permanecesse em Sua presença, pois, sendo santo, Ele o destruiria completamente com o brilho da Sua natureza, e não haveria mais esperança para a raça humana. Para o nosso próprio bem, Deus teve de expulsar Adão e Eva do Paraíso. Eles foram abandonados pelo Criador, que jamais tomaria essa decisão caso se mantivessem como foram criados.

O abandono da humanidade não foi eterno, mas momentâneo. No entanto, para o homem, isso foi terrível, pois, de uma hora para outra, já não podia mais contar com a presença de Deus, Sua assistência, misericórdia e com os demais benefícios que antes lhe eram comuns. Porém, no mesmo instante em que houve a queda, o Senhor começou a criar o plano da nossa redenção.

Aos olhos de Quem habita a eternidade e, por isso, não é controlado pelo tempo nem está sob regime algum, pois é Todo-Poderoso, esse pequeno tempo refere-se à separação, que, como já vimos, foi necessária. No entanto, para nós, que contamos as horas e os minutos, esse período foi grande demais. No entanto, tudo isso é passado; desde que Jesus foi ao Inferno e destronou o diabo e seus anjos da autoridade que exerciam sobre nós, estamos livres.

A boa notícia é que, com grande misericórdia, Ele nos recolheu. Até mesmo a pessoa que estiver no maior e mais nojento pecado já foi recolhida, bastando a ela reconhecer sua condição pecaminosa para a sua libertação ser total. Nada mais nos separa eternamente de Deus, a não ser continuarmos no erro. Aquele que crê na obra de Jesus realizada no Calvário torna-se verdadeiramente livre.

A misericórdia divina garante perdão e restauração à posição de filho de Deus. Os salvos, por sua vez, não têm de se submeter a nenhum dos desejos do inimigo, mas tão somente continuar inabaláveis no que o Senhor diz. Não há como o diabo conseguir destruir sua vida caso você se mantenha na sua nova posição no Filho de Deus. Contudo, se cometer algum pecado, prontamente arrependa-se, ou então se desligará do Pai.

Viva a misericórdia do Senhor, pois, estando firme no que Jesus fez em seu favor, nenhuma condenação haverá sobre a sua vida, e você não mais tropeçará nem se tornará prisioneiro do diabo. Hoje, a sua posição é de supremacia. Os que estão em Cristo podem e devem desfrutar da liberdade eterna. Aleluia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor! Tu nos recolheste do monturo, quando estávamos prestes a ser lançados no lago que arderá com fogo e enxofre pela eternidade, em meio a choro e ranger de dentes. Mas, agora, estamos nos Teus braços como a ovelhinha amada.

O pequeno momento em que nos deixaste foi grande para nós. Como o homem sofreu! No entanto, muitos ainda continuam padecendo por causa dessa separação. Agora, não temos de nos curvar ante os principados e as potestades do reino das trevas.

Obrigado por nos teres recolhido com a Tua misericórdia e nos teres amado irrevogavelmente. Assim, podemos caminhar seguros em Tuas mãos e não mais ceder às tentações. Tu és lindo!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração