ongrace.com

> Mensagem de Hoje

10/02/2015 - PEDIDO DE QUEM NÃO QUER SE PERDER

  • Envie por Email
  • Imprimir
Ouve-me depressa, ó SENHOR! O meu espírito desfalece; não escondas de mim a tua face, para que eu não seja semelhante aos que descem à cova. Salmo 143.7

Ouça a mensagem

Não brinque com o pecado. Se ele se instalou em sua alma, livre-se dele o quanto antes. Caso você continuar nele, “namorando-o”, verá que essa situação, a qual lhe dá certo lucro ou prazer, abrirá a porta para grandes operações do inimigo. Depois, será bem difícil livrar-se do reino das trevas. Veja as advertências bíblicas e lhes obedeça, pois elas são o melhor de Deus para livrá-lo da queda.

Você precisa ser ouvido pelo Senhor; do contrário, nunca mais sentirá a presença dEle. Com isso, Satanás acabará a obra de destruição que já está executando em sua vida. Ele não brinca em serviço, mas efetua o seu poder de matar, roubar e destruir sem piedade alguma. A voz do Altíssimo o levará a conhecer a Verdade e, então, você tomará as decisões necessárias que o colocarão em liberdade.

A pressa se deve ao fato de o inimigo não agir de modo lento, porém rápido e devastador. Por isso, não deixe o seu espírito desfalecer na fé, porque, fora dela, o diabo operará em você os mais diversos enganos, levando-o a considerar o pecado, em suas mais diversas formas, como uma simples escolha do seu livre-arbítrio. Fomos feitos para andar na Verdade e ficar livres das operações do maligno.

Uma vida pecaminosa faz o Senhor esconder o Seu rosto de quem se ilude pelo inimigo. Ora, a tentação é uma oferta do enganador-mor com o objetivo de ganhar a sua alma e levá-lo à condenação eterna. Logo, seja sábio e fuja de tudo o que contradiga a Palavra, ainda que isso aparente ser o melhor que você já teve ou poderá desfrutar. Deus não é um estraga prazer, e sim um desfazedor do mal.

Uma prova de que você não está bem é a falta da alegria do Senhor em sua alma e, ao mesmo tempo, um sentimento de tristeza e remorso, por estar fazendo o querer do diabo. Entretanto, é preciso fazer mais do que se entristecer com as suas ações; você tem de abrir o coração como o salmista fez. Quem não clama fecha a porta para as operações do Santo Espírito, pois vem dEle o desejo de orar.

Por mais experiência que você já tenha tido com o Pai, se não estiver em comunhão verdadeira – falando em línguas, obedecendo aos preceitos divinos e fazendo a vontade de Deus –, irá junto com os perdidos para a cova eterna, onde haverá choro e ranger de dentes (Lc 13.28). A escolha é sua, e dela você não mais poderá se livrar. Os que recusarem o dom do Todo-Poderoso jamais sairão do tormento eterno. Acorde, irmão!

Tome uma decisão e rompa, de uma vez por todas, com todo o tipo de tentação; então, a sua luz apressadamente brilhará. Não desperdice o dom que Deus está lhe dando neste momento, mas agarre tudo o que o Altíssimo lhe oferece. Dessa maneira, você verá o quanto é bom e recompensador andar com Ele agora e para sempre.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Eterno Pai! Por que perderíamos a grande salvação e nos deixaríamos levar pelo diabo, que deseja o nosso mal? Queremos nos livrar de todas as tentações para não sermos condenados ao suplício eterno. Como é bom poder desfrutar da vida!

Ouve-nos depressa, Pai! Não nos deixes nem mais um minuto sob a condenação, mas leva-nos à liberdade que os Teus filhos têm em Ti. Queremos provar o quanto Tu és bom e libertador. Toma-nos para Ti, pois não optamos pelo maligno.

Aviva o nosso espírito e não esconde de nós a Tua face. Queremos que a luz do Teu rosto brilhe em nossa alma, pois não pretendemos seguir com os perdidos para a morte eterna. Por eles, nós Te rogamos agora, Obrigado pela salvação eterna.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Se, para salvar a vida de alguém, a gente tiver de mentir, isso é pecado? Por exemplo, se um sujeito vem com uma arma na mão, gritando atrás da mulher, que a gente viu se...

Esse tipo de situação acontece quantas vezes na vida? Ora, praticamente nunca! Trata-se de um raciocínio para tentar-se arranjar um jeito de dizer que há mentiras boas ou...

»VEJA MAIS