ongrace.com

> Mensagem de Hoje

09/06/2012 - POR QUE FALTA ALEGRIA EM NOSSAS CIDADES?

  • Envie por Email
  • Imprimir
E havia grande alegria naquela cidade. Atos 8.8


Somos os responsáveis pela falta da verdadeira alegria em nossas cidades, e, por essa escassez, as pessoas procuram a felicidade em lugares errados. O Carnaval do Rio de Janeiro, por exemplo, levou cerca de 5 milhões de foliões às ruas, mas, depois da festa, o que lhes restou? As festas juninas também levam muitos a gastarem dinheiro, tempo e saúde à procura de algo que os alegre. Nós, porém, temos a Chave da alegria, mas nada fazemos por eles.

Desde o princípio do ministério terreno de Jesus, Filipe estava com o Mestre e, embora não tenha sido escolhido para ser um dos 12 discípulos, realizou a obra de Deus, levando solução aos samaritanos por intermédio do Espírito Santo. Ao chegar lá, ele pregou a respeito de Cristo, e as pessoas lhe deram ouvidos, pois viram que ele era verdadeiramente um homem que tinha o poder divino.

Não podemos condenar os que não conhecem a Verdade e se dão ao pecado; afinal, eles não têm a Luz, e, muitas vezes, nós nos fechamos e não lhes mostramos o que é o genuíno Evangelho do Reino dos Céus. A nossa covardia e o medo de algum sofrimento têm calado a nossa boca. No entanto, somos responsáveis por muitos erros que eles cometem e sofrimentos pelos quais passam.

Quando Cristo entrou na sinagoga de Cafarnaum, viu muitos fariseus e doutores da lei querendo acusá-lO de curar no sábado; mesmo assim, não deixou que isso Lhe trouxesse medo. Imediatamente, Ele viu um homem que tinha a mão ressequida e o chamou para o meio. Então, rodeado de pessoas que queriam incriminá-lO, ordenou que o homem estendesse a mão, e esta lhe foi restituída sã, como a outra (Lc 6.6-11).

O que nos falta é coragem, desprendimento daquilo que é material – e não o poder para fazer a obra. Temos sido carnais ao extremo, pensando em férias, carro novo, casa própria, quando deveríamos concentrar-nos na obra de Deus. Ora, se nos calamos, os demônios operam e levam multidões ao Inferno. Temos de dar de comer a quem tem fome de justiça!

Por muito tempo, o diabo dominou os samaritanos, os quais, inclusive, recusaram-se a receber o próprio Jesus um pouco antes de Filipe chegar lá. Mas isso não foi empecilho para que este não obedecesse ao impulso do Espírito Santo. Para quem é de Deus, nada é impedimento, nem mesmo a fome, o desconforto ou a perseguição. Portanto, realize o que o Senhor lhe tem ordenado, pois Ele cuidará do resto (Js 1.9).

Faça algo pelos perdidos, assim como Filipe, que havia aprendido do próprio Mestre a mensagem que seria transmitida e o meio correto de fazê-lo. Ele pregou as Boas-Novas de Cristo – a Solução –, e multidões ouviram-no, pois viram oprimidos sendo libertos e doentes, curados (At 8.7), o que fez com que houvesse grande alegria em toda a cidade.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração