ongrace.com

> Mensagem de Hoje

07/05/2018 - PORTANDO-SE DIGNAMENTE SEGUNDO O EVANGELHO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Somente deveis portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho.  Filipenses 1.27


Após ter derrotado os quatros reis que haviam vencido os governantes de Sodoma e Gomorra e de mais três nações ao redor, Abraão se recusou a receber alguma porção do grande despojo, embora fosse seu direito. Na verdade, ele tinha levantado sua mão ao Senhor, jurando que não tomaria nada – desde um fio até à correia dum sapato –, para que o rei de Sodoma não dissesse que o havia enriquecido (Gn 14.14-23). Abraão manteve a promessa para viver retamente.

Outro exemplo de conduta honrada foi José, o qual preferiu manter-se santo a ter regalias na casa de Potifar e, depois, foi escolhido para ser o primeiro-ministro do Egito (leia Gênesis 39). Os filhos de Deus jamais serão confundidos, porque o Senhor sabe cuidar deles. Mesmo que não entendam o que lhes acontece no momento e até tenham de passar por prisões, a justiça lhes será feita, e eles verão que tais eventos foram como um “ginásio” para alcançarem uma melhor posição.

Abigail soube apaziguar Davi, para que ele não matasse o seu mau marido e toda a sua família. Após ficar viúva, tornou-se a esposa amada de Davi (leia 1 Samuel 25). A intrepidez está presente na vida de quem tem o Espírito do Senhor. Embora a pessoa não compreenda os planos divinos, pois apenas uma parte lhes é mostrada, ela verá no final que Ele sempre trabalha com amor e dedicação. Vale a pena confiar nEle!

Davi, mesmo tendo Saul em suas mãos, respeitou a unção divina que estava sobre esse rei e não lhe fez mal. Este, por sua vez, se o encontrasse, iria matá-lo sem pensar. Davi se recusou a estender a mão sobre o ungido de Deus e a deixar que um dos seus guerreiros o fizesse, pois sabia que, no tempo certo, o Senhor daria o Seu sim, e ele assumiria o reino com mãos limpas (leia 1 Samuel 24). Assim deve viver quem ama a Deus. Ele não usará aquele que praticar o mal. A vitória será de quem for fiel!

Jeremias foi levantado profeta em um período difícil para o povo de Judá, pois as obras da carne e dos cultos pagãos proliferavam no meio deles. Ele foi fiel ao Senhor, e o que recebia de Deus era o que o povo ouviria de seus lábios. Às vezes, o recado era duro demais, mas ele o entregava e ia parar na cadeia. Mesmo assim, ele permanecia firme. Quando os babilônicos tomaram Jerusalém, receberam ordens para poupá-lo (Jr 1.15-19; 39.11-14). Aleluia!

Epafras ensinou os colossenses a amarem o Altíssimo e a viverem a fé em Cristo, com a sabedoria concedida por Deus ao Seu povo em cada geração, para resolver os problemas de suas regiões. Ele batalhava espiritualmente em favor deles, por isso aqueles amados irmãos experimentavam o melhor de Deus (Cl 1.7-10). Como sentimos falta de pastores que se consagrem ao Senhor e batalhem para o povo ser vitorioso!

Paulo passou de perseguidor a perseguido, preferindo não dar dinheiro ao corrupto Félix a obter sua liberdade, a qual não seria real (At 24.26). Depois disso, o apóstolo decidiu ir a Roma, a fim de enfrentar César. Sem dúvida, precisamos nos portar dignamente segundo o Evangelho de Cristo, como fez Paulo e tantos outros servos do Senhor.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Pai! Temos de nos portar de modo digno do Evangelho de Cristo, andando na luz da Tua Palavra. Faz a nossa vontade ser a Tua; então, cumpriremos essa importante orientação.

Jamais estarás ausente da nossa vida. Então, cientes dessa verdade, não daremos nenhuma chance ao inimigo, que procura nos tragar. O nosso alvo é honrar-Te em todas as situações.

A partir de agora, combateremos em um mesmo espírito, com o mesmo ânimo, pela fé no Evangelho. A nossa vontade de Te obedecer tem de ser maior do que os nossos desejos. Ajuda-nos a nunca lutarmos de modo diferente do Teu.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração