ongrace.com

> Mensagem de Hoje

08/12/2011 - PRATIQUE A SUA JUSTIÇA

  • Envie por Email
  • Imprimir



Também se juntaram com Baal-Peor e comeram os sacrifícios dos mortos. Assim, o provocaram à ira com as suas ações; e a peste rebentou entre eles. Então, se levantou Fineias, que executou o juízo, e cessou aquela peste, e isto lhe foi imputado por justiça, de geração em geração, para sempre.

Salmo 106.28-31

Balaque havia contratado Balaão para amaldiçoar o povo de Deus. Por causa de uma promessa de recompensa financeira, aquele profeta vendeu-se ao inimigo, mas o Senhor o proibiu de lançar qualquer maldição contra Seu povo. Então, Balaão cometeu um ato imundo aos olhos de Deus: ele ensinou as moabitas a seduzirem os filhos de Israel. O inimigo entende que não pode amaldiçoar-nos, mas sabe fazer com que a “prática das moabitas” nos tente. Por isso, os servos do Altíssimo devem ficar atentos para não cair. 

Deus ficou horrorizado com o ajuntamento dos Seus filhos com Baal-Peor. Eles não só comeram das coisas sacrificadas aos mortos – os demônios –, como também praticaram atos sexuais contrários à natureza. Então, Sua ira atingiu aquelas pessoas e consumiu muitas delas. No meio de tudo isso, um israelita levou uma midianita para a tenda dele, provocando o Senhor com a imundícia praticada naquele local. De um lado, os servos de Deus advertiam do erro; do outro, um flagrante desrespeito cometido pelos adeptos dessa prática.

Fineias, filho de Arão, pegou uma lança, foi até a tenda do pecado e atravessou o casal que cometia um ato sodomita. Ele executou o juízo do Todo-Poderoso e, com isso, a punição cessou. Hoje, não temos de fazer o mesmo que ele fez, pois o nosso ministério tem a finalidade de salvar vidas. Por isso, dirigidos pelo Senhor, devemos entrar na presença dEle e, com autoridade, proibir o demônio de continuar usando alguém nesse pecado.

Diz a Palavra que o marido tem poder sobre a esposa, e ela, sobre o marido (1 Co 7.4). Os pais têm poder sobre os filhos e, desse modo, podem livrá-los de qualquer anormalidade. Sendo filhos de Deus, ao usarmos a autoridade da qual fomos investidos em favor de alguém, fazemos um beneficio tão grande para tal pessoa, que o nosso Pai jamais Se esquecerá do que realizamos.

O que Fineias fez o beneficiou muito naquele dia e irá acompanhá-lo por toda a eternidade. Não importa quem ajudamos, a nossa recompensa jamais terminará. Aqueles que não intercedem pelos pecadores nem levam a Boa Semente aos corações dominados pelo pecado não sabem o quanto perdem. Deus não é injusto para esquecer-Se de todos os nossos atos de amor e bondade em prol dos perdidos.

O Altíssimo considerará tudo o que você fizer em benefício dos que não conhecem a Palavra como atos de justiça. A recompensa por cada vida alcançada não irá deixá-lo jamais. Será como um título o qual perdurará de geração em geração e pela eternidade. Então, não deixe de gastar seu tempo e conhecimento para auxiliar os que estão necessitados de uma palavra, ou, até mesmo, da libertação de algum erro.  

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração