ongrace.com

> Mensagem de Hoje

17/04/2013 - PRUDÊNCIA NECESSÁRIA

  • Envie por Email
  • Imprimir
E teve Davi conselho com os capitães dos milhares, e dos centos, e com todos os príncipes; e disse Davi a toda a congregação de Israel: Se bem vos parece e se vem isso do SENHOR, nosso Deus, enviemos depressa mensageiros a todos os nossos outros irmãos em todas as terras de Israel, e aos sacerdotes, e aos levitas com eles nas cidades e nos seus arrabaldes, para que se ajuntem conosco. 1 Crônicas 13.1,2


Quem repara como os sábios vivem tem toda a probabilidade de se tornar sábio também. Em se tratando de alguém que o Senhor está usando, essa possibilidade aumenta – e muito –, pois, atrás do que ele faz está a mão divina. Mas o melhor mesmo é sempre se deixar ser ensinado pelo Senhor. A verdade é que os planos dEle para cada situação podem não ser os mesmos, ou pode haver algum perigo em certos momentos.

Davi foi chamado pelo próprio Deus de um homem segundo o Seu coração (At 13.22). Isso nos dá a entender que ele consultava o Altíssimo e assumia a direção dada. Se o Altíssimo nos fala por Si mesmo, ou responde algum pedido que fizemos, não é bom deixarmos de assumir o que Ele diz. Quem sempre der a Deus o senhorio sobre suas decisões será bem-sucedido.

A consulta que o filho de Jessé fez aos que aderiram a ele para o fazerem rei colocava seus subordinados como responsáveis por ouvirem do Senhor e decidirem juntamente com ele. Isso não é falta de fé, e sim prudência, pois, no ardor da batalha, é possível que não tenhamos ouvido bem sobre quando tomar certa atitude, em que lugar e por qual razão. Agora, mesmo em uma proposta, a responsabilidade é nossa.

Ser humilde sempre deve ser a marca dos que fazem a vontade divina (1 Pe 5.5). Porém, até para mostrar-se com essa qualidade o servo do Senhor deve procurar dEle o momento certo para assim proceder. A Palavra declara que os filhos não podem ver a nudez dos pais (Lv 18.7). Isso significa que, se você sempre se mostra em dúvida, os que estão ao seu serviço podem ter uma impressão ruim a respeito da sua liderança.

Davi queria um reino que tivesse o consentimento de todos, pois a aprovação do Senhor já havia obtido. Com isso, faria com que todos fossem responsáveis com ele nas resoluções tomadas. É bom levar todos ao mesmo sentimento, pois, assim, você anula a ação de  alguns fracos de mente ou dominados por torpe ganância.

Não é bom ter algum grupo ressentido sob o seu governo, porque, quando você menos espera, essas pessoas podem sublevar-se e não aceitar mais a sua autoridade sobre elas – o que lhe causará certo constrangimento, prejuízo ou dor. Além disso, quando o líder tem de esconder algo dos liderados, isso não vem do Senhor.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração