ongrace.com

> Mensagem de Hoje

16/01/2010 - QUAL É A SUA COMPREENSÃO DO MISTÉRIO DE

  • Envie por Email
  • Imprimir



QUAL É A SUA COMPREENSÃO DO MISTÉRIO DE CRISTO?

“Pelo que, quando ledes, podeis perceber a minha compreensão do mistério de Cristo” (Efésios 3.4).

 O apóstolo Paulo tinha um vasto entendimento dos assuntos espirituais. Quem não conhece a Palavra pode pensar que ele era um privilegiado, mas a verdade é que o Senhor não tem duas classes de filhos, uma que Ele privilegia e outra com a qual não Se preocupa. Deus ama todos do mesmo modo (Romanos 2.11) e sempre quer o melhor para os Seus. O que aconteceu com Paulo foi que, além do seu esforço – o qual, diga-se de passagem, era grande –, sua chamada era para instruir a igreja que começava a dar os primeiros passos na fé. Por isso, o apóstolo precisava ter um entendimento maior acerca das verdades eternas.
 Foram vários os motivos que trouxeram Jesus ao mundo. O principal foi para nos salvar e revelar o Pai. Entretanto, Ele não fez somente essa obra, mas abriu-nos o entendimento para a compreensão da Palavra de Deus. Agora, de acordo com a nossa chamada e nossas necessidades, o Mestre nos ensina o que precisamos aprender para realizarmos a vontade dEle com sucesso.
 É importante que cada cristão faça estas duas perguntas: qual é a minha compreensão do mistério de Cristo? O que tenho na Palavra? Há muitas pessoas que não se interessam em saber os seus direitos no Senhor, o que lhes pertence e o que o Pai determinou que fizessem. O resultado é que vivem derrotadas, sem conseguir bênçãos. Para muitas, os registros nas Escrituras são somente fatos históricos. Elas não se dão conta de que, na verdade, são lições para que não fracassemos.
 A vida, os ensinos e as obras de Jesus são referidos na Bíblia como o mistério de Deus, o qual esteve oculto aos patriarcas e profetas durante todo o tempo bíblico. Com a vinda do Rei dos reis, ele nos foi revelado. Assim, o Senhor Se referiu ao que fazia, ao bendizer o Pai por ter revelado isso aos pequeninos que criam nEle (Mateus 11.25). É preciso meditar e entender a importância desse mistério em nossa vida.
 Uma pessoa pode passar o tempo todo em oração, mas, se ela não se assumir na revelação da Palavra de Deus, nunca será bem-sucedida. Somos, diante do Altíssimo, do diabo e todas as coisas, o que nos é revelado e o que assumimos. Jesus mandou que examinássemos as Escrituras com cuidado, pois Ele mesmo fazia isso e aprendia nelas quem Ele era. A Palavra testificava a respeito dEle e a nosso respeito.
 Temos de executar as mesmas obras que o Senhor realizava. Usufruir das bênçãos, exercer o nosso direito a elas e experimentá-las farão com que outros aprendam com o nosso exemplo. Nossas atitudes e nossa maneira de orar e enfrentar os problemas têm de ser conforme o Senhor fazia e faria se estivesse em nosso lugar. Somos mestres de muitos com nosso testemunho.

 Em Cristo, com amor,

 R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração