ongrace.com

> Mensagem de Hoje

18/06/2020 - QUANDO AS RIQUEZAS AUMENTAM

  • Envie por Email
  • Imprimir
Não confieis na opressão, nem vos desvaneçais na rapina; se as vossas riquezas aumentam, não ponhais nelas o coração. Salmo 62.10


Seguir o Senhor Jesus em nada se iguala a fazer parte de qualquer religião. O Evangelho é a Boa Notícia do que Cristo fez em nosso favor, mas O temos tratado como se também fosse uma religião, na qual temos de nos esforçar muito para Lhe agradar ou receber uma graça. Não! Mil vezes não! Deus é verdadeiro, não mentiu; portanto, chega de sacrifícios. Vamos crer!

Jesus veio facilitar as coisas e nos dar vida abundante (Jo 10.10). Ele declarou: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus? (Jo 11.40). O Salvador falou isso quando não havia nada a fazer, humanamente falando. Lázaro tinha morrido e estava sepultado havia quatro dias; logo, em plena decomposição. Marta, a irmã dele, não entendeu a ordem do Mestre: a de remover a pedra do sepulcro. Porém, Jesus repetiu o ensino, e Lázaro ressuscitou!

Às vezes, parece que os salvos creem mais no diabo do que no Senhor. Quando uma virose ataca a cidade onde vivem, eles não buscam a prevenção na Palavra de Deus. Dessa maneira, começam a cuidar da alimentação, por exemplo, em vez de, primeiro, declarar que mal algum lhes sucederá nem praga alguma chegará à sua tenda (Sl 91.10). Há, inclusive, “cristãos” aconselhando-se com o pastor, que os manda se prevenir, porque o mal chegará!

O versículo em estudo diz claramente: Não confieis na opressão. Será que, de fato, cremos no Senhor, ou seguimos o evangelho da má notícia. O profeta Elias advertiu o povo: Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; e, se Baal, segui-o. Porém o povo lhe não respondeu nada (1 Rs 18.21). O povo mal ensinado sofre!

Prosperar deveria ser algo normal para quem aceita a bênção do Senhor, o Evangelho. Somos ensinados pelas Sagradas Escrituras que a bênção do SENHOR é que enriquece, e ele não acrescenta dores (Pv 10.22). Mas, quando as coisas boas aparecem, nós nos fechamos para Deus e valorizamos os bens materiais. Então, facilmente, deixamos de ir à igreja, se temos um negócio a fazer. O diabo aproveita e ataca com a sua fúria.

Em qualquer situação, coloque seu coração no Pai e descanse nEle. Não aja como o oficial do rei, insistindo para que Jesus curasse seu filho à beira da morte (Jo 4.46-53). Imagine o homem ensinando o Filho de Deus como agir! O Mestre o mandou para casa, pois seu filho vivia. Então, aquele soldado creu e, chegando perto de casa, os empregados contaram-lhe que o jovem estava curado.

Talvez, alguém discorde de mim, dizendo: “Ora, Jacó teve de lutar a noite inteira para conseguir a bênção”. É verdade, mas Jesus ainda não tinha vindo e destruído o poder do diabo. Agora, basta o paralítico ter fé para ser curado. Então, ele se levantará sobre os seus pés e andará. Foi isso que o Mestre ensinou. Por que pensar ou agir diferente? Obedeça e seja feliz. Creia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus da nova fé! Precisamos crer em Ti e colocar a nossa fé em ação, conforme Teu Filho fazia. Não podemos estar na Nova Aliança, feita em superiores promessas, e agir como no Antigo Testamento. Desejamos conhecer a Tua excelência.

Jamais confiaremos no autor da opressão, e sim em Ti, Autor da libertação. Realizaremos as mesmas obras de Jesus; para isso, devemos viver as Tuas promessas, pois são verdadeiras. Aleluia!

Esta é a mensagem que precisamos pregar, para vermos a Tua operação conforme aquela mostrada por Jesus em Seus dias. Conhecemos a Verdade que liberta. Obrigado por revelares a Tua excelência!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração