ongrace.com

> Mensagem de Hoje

04/06/2012 - QUANDO FORTES, DEVEMOS DESCER

  • Envie por Email
  • Imprimir



E, descendo Filipe à cidade de Samaria, lhes pregava a Cristo.

Atos 8.5

Ninguém será ministro do Novo Testamento se não passar pelo novo nascimento, que inclui o perdão dos pecados, o batismo nas águas e o batismo no Espírito Santo. Filipe passou por todas essas fases até chegar à posição de ministro do Evangelho – e conosco não pode ser diferente. Afinal, se a obra não for feita por completo, ela não será aceita pelo Senhor Deus – e quem inventar outro meio se decepcionará no Último Dia.

Todos deveriam esforçar-se para se apresentar a Deus como obreiros aprovados (2 Tm 2.15). Quem é salvo sabe que foi tocado pelo Senhor e, por isso, tomou a decisão de entregar sua vida a Jesus. Então, passou pelas águas do batismo e foi selado com o Espírito Santo. Mesmo tendo galgado esses degraus, a tentação ainda é real, e quem quer agradar a Deus – e não cair nela – deve buscar a presença divina. 

Quando todos os cristãos, exceto os apóstolos, foram dispersos de Jerusalém em razão da perseguição, Filipe sentiu que deveria descer a Samaria e ajudar aquele povo a passar pelas mesmas experiências que ele havia tido. Para ele, o que lhe aconteceu foi um tratamento divino que o preparou para servir melhor ao Senhor. Então, usando de honestidade e sabedoria, ele se dirigiu aos samaritanos e lhes pregou a Mensagem de Cristo.

Filipe, como zeloso servo de Deus, queria que aquele povo encontrasse a solução dos seus problemas. Todo cristão deveria fazer o mesmo com relação aos perdidos. Quem não faz nada pelos sofredores vive somente para si, não se importando com as vidas que não nasceram de novo. Porém os que, de fato, são salvos sabem que a evangelização é o trabalho que mais toca o coração do Pai.

Ao pregar as Boas-Novas, Filipe fez com que aquelas pessoas recebessem a fé genuína no Filho de Deus e, por isso, fossem libertas dos demônios. Agora, tendo os samaritanos sido feitos filhos do Senhor, o diabo não mais poderia oprimi-los, e, livres dos pecados, eles poderiam desfrutar das bênçãos divinas. Como resultado, coxos, paralíticos e os demais sofredores puderam livrar-se de problemas insolúveis. Isso é o Evangelho em ação.

O segredo foi falar com os samaritanos a respeito dos assuntos concernentes ao Reino de Deus. Cristo disse que, quando esse Reino chega, a libertação dos endemoninhados é automática, pois o mal é expulso. Filipe sabia que uma conversa infundada não livraria ninguém do poder das trevas. Por isso, ele falava sobre o glorioso Nome de Jesus, no qual está o nosso socorro (Sl 124.8). Obra completa, sucesso garantido!

O propósito da pregação do Evangelho continua o mesmo. Não podemos permitir que sejamos levados pela invencionice de alguns “iluminados”, para os quais a maneira correta de fazer a obra de Deus hoje é diferente da do passado. Isso, porém, é pura estupidez. Afinal, somos enviados a ensinar o mesmo que o Senhor ensinou. Tudo o que for diferente disso vem do diabo.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

O que aconteceu com a igreja iniciada pelos apóstolos, que Jesus disse que o inferno nunca venceria? Se o inferno venceu digam logo que Jesus errou na profecia, se não, o que...

Como seria possível o Senhor Jesus errar? De modo nenhum! Ele é a imagem do Deus invisível e nEle habita toda a plenitude de Deus (Cl 1.15; 2.19). Jesus não erra! Erram os...

»VEJA MAIS