ongrace.com

> Mensagem de Hoje

24/08/2009 - QUE PARENTESCO!

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Também o negligente na sua obra é irmão do desperdiçador” (Provérbios 18.9).

O serviço que fazemos com zelo prova que amamos a Deus. Então, como precisamos ser achados pelo Senhor como aqueles que militam legitimamente – e não como pessoas desperdiçadoras –, temos de fazer a obra com cuidado, afinal, a negligência traz castigo.

Aquilo que ofertamos para o Senhor prova se O amamos ou não. Por sinal, dizer que temos amor por Ele é fácil, mas o que conta é se, verdadeiramente, realizamos o que Ele nos ordenou. Qualquer trabalho, por mais elogiado que seja – como o são as obras sociais –, se não for executado em Nome do Senhor e conforme Ele orienta, não terá valor espiritual. Tudo o que fizermos deve ser realizado em Nome de Jesus e para a glória do Pai. Aquele que seguir a direção dada pela Palavra do Senhor sempre será bem-sucedido em seus feitos.

Ao tomarmos qualquer atitude, devemos ter o cuidado de não agirmos fora do plano divino nem fazer algo para o nosso louvor, pois, assim, perderemos tempo e, no dia do acerto de contas, não seremos galardoados. Em se tratando de um serviço para o Reino, não é correto usarmos para a promoção pessoal as oportunidades que o Altíssimo nos concede. Precisamos deixar para obter a recompensa no último dia (2 Timóteo 4.8), entretanto, muitos já a estão recebendo antecipadamente, pelos aplausos que lhes são destinados.

Quem, por exemplo, for flagrado por estar dirigindo um automóvel ou pilotando um avião negligentemente será autuado e terá de responder em conformidade com a lei. Na vida espiritual, acontecerá o mesmo. Por intermédio de Jeremias, o Senhor disse que os pastores que fizessem Sua obra com descuido receberiam uma tremenda punição. Por isso, coloque seu coração em todos os seus empreendimentos, e eles serão bem feitos. Se o Senhor mandá-lo ajudar alguém considerado simples – os homens assim dividem as pessoas –, considere a missão uma das mais nobres, pois não importa quem receberá seu auxílio, se rico ou pobre, doutor ou analfabeto, empregador ou empregado, mas, sim, a quem você está obedecendo. Faça por todos como se você estivesse fazendo para o próprio Senhor (Colossenses 3.23).

Só milite dentro da orientação divina, pois, desse modo, você estará agindo com legitimidade. A maior negligência que se pode cometer é fazer a obra fora da direção do Senhor, porque quem deixa de seguir todas as Suas santas instruções, acatando apenas algumas delas, torna-se irmão de desperdiçadores – aqueles que não dão a mínima atenção ao que lhes pertence em Cristo. Nós somos colocados em um corpo cuja Cabeça é Jesus (Efésios 5.23; Colossenses 1.18). Consequentemente, se a Cabeça tem todo o poder, o corpo também o tem. Logo, meu irmão, não deixe de usar o que, em Jesus, pertence a você. 

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração