ongrace.com

> Mensagem de Hoje

20/06/2022 - SABEDORIA NA NEGOCIAÇÃO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Mas somente consentirão aqueles varões habitar conosco, para que sejamos um só povo, se todo macho entre nós se circuncidar, como eles são circuncidados.  Gênesis 34.22

Ouça a mensagem

Hamor viu os seus argumentos vencendo as palavras contrárias. Então, passou a falar das condições dos israelitas para habitar com eles. Ora, o chefe heveu era mestre em argumentar. Ele esperou o momento certo para expor a proposta e a descreveu como simples e boa, pois faria deles um só povo. Nada foi pedido demais, somente que todos consentissem em se circuncidar. Que mal havia nisso?

Todo bom negociador formula bem a própria fala, tendo o cuidado para não fechar a porta da oferta e, ao mesmo tempo, é rápido em responder de maneira inteligente sem nunca ferir a outra parte. Ninguém consegue um acordo decente ameaçando usar a força. Isso seria rendição. A arte de apresentar os justos motivos é a parte boa de uma proposta. Após aceitarem as condições, os dois lados ficarão felizes com o resultado. 

Hamor mostrou aos moradores da sua cidade que não havia dinheiro algum na negociação, e isso indicava que os filhos de Jacó eram ingênuos para isso. O maioral da terra sentiu que todos estavam propensos a acatar a circuncisão. Em seguida, usou outra estratégia para o fechamento do acordo, ao dizer que eles consentiriam habitar com os heveus, a fim de formar um só povo, desde que os homens heveus se circuncidassem, assim como ocorreu com Siquém (Gn 34.19). Era pegar ou largar!

O negociador de sucesso é calculista e bom de prosa. Ele fala ou se cala no tempo certo, sua mente gira a mil por hora, e repara na expressão do rosto de cada um dos interlocutores. Além disso, age como um ator e demonstra pelos gestos que todos ficarão satisfeitos com a proposta. Afinal, o que mais de lucrativo poderia ser-lhes oferecido a não ser o pedido bobo da circuncisão? Ela até dá boa saúde aos que a fazem.

O bom vendedor jamais é apressado e inconveniente, mas tranquilo e sábio ao mesmo tempo. O interessante para ele é a aceitação do cliente. Com a venda realizada, ele tem a sua recompensa. No caso de Hamor, era livrar o filho da vingança, comum naqueles dias. Sabendo da sua responsabilidade até cumprir a condição exigida para o acordo, Hamor agiu com sabedoria para obter o sim de todos.

Ele não poderia falhar e, sem desconfiar de nada, teria de mostrar que todos os homens concordariam em se submeter à circuncisão. Era isso, ou o seu filho sofreria a punição. Por ser o mais importante do local, e possuindo habilidade adquirida com o passar dos anos, Hamor se esforçou muito e conseguiu. Em pouco tempo, o pior teria passado; pelo menos, era o que esperava saber em breve.

Ainda veremos o que o ato impensado de um filho irresponsável provocou entre a população daquela terra. Não dá para uma pessoa fazer uma maldade contra qualquer outra e ficar sem a justa condenação. Só o arrependimento verdadeiro tirará do coração a pena que o pecado trará. Por isso, aceite agora Jesus como Salvador, e Ele o ajudará!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus incomparável! Queremos ter a Tua sabedoria e aproveitá-la para endireitar as nossas ações. Caso tenhamos feito algo digno de pena, pedimos-Te ajuda para nos acertar com a pessoa prejudicada, pois temos a Tua promessa de nos dares alívio!

Abre os nossos sentimentos para fazer a Tua vontade sempre, andando conforme está escrito no Teu Livro, sem prejudicar ninguém. Ajuda-nos a viver de modo a não dar motivos ao adversário de nos atacar, e sim vencê-lo com o Teu Nome!

Dá-nos sabedoria para levar aos pecadores a libertação dos erros e o perdão que compraste para todos os que têm sido usados pelo diabo. A Tua salvação os impedirá de agir como mensageiros do reino do mal!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Gostaria de saber onde está escrito na Bíblia a respeito do conflito entre israelenses e palestinos, eles são da mesma descendëncia. Israel é o país dos judeus? Porque...

Os textos proféticos relativos ao conflito entre os descendentes de Ismael (árabes) e Isaque (judeus) são muito resumidos, mas mostram que o vínculo de ambos com Abraão os...

»VEJA MAIS