ongrace.com

> Mensagem de Hoje

27/03/2019 - SANTIFICAR-SE PARA SE CHEGAR A DEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Então, deram a Jacó todos os deuses estranhos que tinham em suas mãos e as arrecadas que estavam em suas orelhas; e Jacó os escondeu debaixo do carvalho que está junto a Siquém. Gênesis 35.4


O incidente com Diná, filha de Jacó, a qual foi abusada pelo filho de Siquém, fez Jacó ouvir a voz de Deus, ordenando-lhe: Levanta-te, sobe a Betel e habita ali; faze ali um altar ao Deus que te apareceu quando fugiste diante da face de Esaú, teu irmão (Gn 35.1). Esse altar hoje é construído em nosso coração como gratidão pela obra iniciada pelo Senhor em nós. Em momentos de solidão e crise, Ele garante estar conosco, livrar-nos dos males e nos conduzir para onde devemos habitar.

A primeira atitude do patriarca dos hebreus foi mandar tirar os deuses estranhos no meio de seu povo, porque os futuros acontecimentos em Betel não podiam ser frustrados por coisas abomináveis aos olhos do Altíssimo. O que tem impedido você de desfrutar da presença de Deus? Limpando-se desses empecilhos, o Senhor cumprirá as promessas dEle para sua vida. Ele é fiel sempre!

Além de tirar os ídolos inúteis, que irritam o Senhor por causa de Seu zelo por nós, devemos pedir a Ele que nos purifique completamente de toda a nódoa trazida pelo pecado. Só Deus tem condições de fazer isso. A simples lembrança dos tempos em que você se deixava levar pelas histórias mentirosas de que esses “deuses” o ajudavam de algum modo o separa do Altíssimo e também funciona como porta de entrada do mal.

As pessoas que acompanhavam Jacó tinham também de mudar as vestes (Gn 35.2); afinal, é impossível entrar no Reino de Deus repleto de erros. Não deve haver qualquer resquício da velha natureza larápia e má. Para quem encontrou em Jesus a salvação de sua alma, é difícil suportar o cheiro do pecado. Agora, não se deve somente trocar as vestes, e sim tomar um “banho”, libertando-se de qualquer “pó” do diabo. A purificação tem de ser total!

Voltando um pouco a narrativa bíblica, os habitantes da terra de onde os parentes de Abraão procediam eram místicos; por isso, Deus mandou que ele saísse de lá e se dirigisse a um lugar que lhe seria mostrado (Gn 12.1). Jacó e os seus deveriam ir para Betel e se apresentar ao Senhor que iniciou com ele a construção da nação israelita. Dela viria o Messias, o qual realizaria a verdadeira purificação por meio de Seu sangue. Nada do Inferno deveria permanecer neles; do contrário, um pouco de fermento levedaria toda a massa (1 Co 5.6).

Todos precisam entregar a Deus seus deuses imaginários, ídolos e conceitos adquiridos na família, na escola e até nas igrejas. Tudo o que representa um poder real ou irreal deve ser tirado do coração e da mente. Assim, nada condenará as pessoas diante de Quem é um fogo consumidor (Hb 12.29). Lembre-se do que você fazia no tempo da ignorância, a fim de jamais ofender a santidade divina. 

O fato de Jacó escondê-los debaixo de uma árvore mostra que o Senhor não destruirá os falsos deuses – os demônios –, mas os encerrará no lago de fogo e enxofre, onde serão atormentados para sempre. Nós estaremos na eterna Glória!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus de santificação! Ao seguirmos os passos que Jacó deu à sua família, nada impedirá o Teu agir em nossa vida. Mostra-nos o que fazer, lembrando-nos do tempo em que Te adorávamos. Limpa-nos, Pai!

A família da qual viria o Salvador tinha ídolos em suas mãos, pendurados nas orelhas, assim como muitas pessoas, hoje, os têm na memória. Eles não têm qualquer valor, pois fazem parte do imaginário popular, mas levam os incautos a ficarem sob a ação do Inferno. Misericórdia!

Queremos ser vasos de bênçãos, livres das maldades de Satanás. A nossa vida está em Tuas mãos e nos Teus planos. Por isso, nós Te damos graças por nos teres libertado das crendices e mentiras do reino maligno!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração