ongrace.com

> Mensagem de Hoje

29/11/2019 - SERÁ QUE DEUS ENGANOU JERUSALÉM?

  • Envie por Email
  • Imprimir
Então, disse eu: Ah! Senhor JEOVÁ! Verdadeiramente trouxeste grande ilusão a este povo e a Jerusalém, dizendo: Tereis paz; pois a espada penetra-lhe até à alma. Jeremias 4.10


Não é bom se apressar e julgar as ações de Deus. Afinal, sem entender a santidade dEle, ninguém pode dizer que Ele errou ou não. Falar sem conhecer os detalhes nem examinar bem qualquer assunto pode nos levar a defender quem é errado e condenar quem é limpo. Judá não deu a menor confiança ao Todo-Poderoso, porém ouviram alguns que ensinaram que o templo em Jerusalém era a razão de não serem punidos.

Ora, a salvação é pessoal, e todos devem estar cientes disso. Aquele que não vive na presença de Deus dificilmente fará o que agrada a Ele. Portanto, estará em uma posição desfavorável. Então, quando a sentença lhe for contrária, não pensará duas vezes antes de se declarar inocente. Assim foi com Jó, que contendeu o tempo todo, mas entendeu o motivo de ter sido oprimido, pois o que temia lhe sobreveio. O medo abre a porta para o diabo!

O julgamento veio não só pelo que acontecia naqueles dias, mas porque o povo de Deus tinha se afastado do Senhor. Quando isso ocorre, surgem muitas situações ruins. Assim que o temor a Deus sai de uma pessoa, os espíritos imundos a atacam com uma veracidade tamanha. Então, subornos, adultérios e falsos profetas são aceitos como algo normal. Em nossos dias, temos visto isso ocorrer, não é verdade?

Em tom melancólico, o profeta declarou que, verdadeiramente, o Senhor havia trazido ilusão ao povo de Judá, prometendo paz, mas a espada penetrava-lhe até a alma. Ele não falou isso para o Altíssimo, e sim ao povo, que acreditava nas falsas profecias de que nada de ruim lhes sucederia. Era uma maneira sarcástica de dizer que estavam completamente errados, já que acreditavam nos mentirosos e irresponsáveis bajuladores, e não no Senhor.

A cegueira espiritual havia tomado conta de Judá, que, agora, seria visitada pelo deus da Babilônia, na figura do Nabucodonosor, o seu maior servo. Aquela entidade infernal surgiu para dar o castigo merecido aos que desprezaram o verdadeiro Deus. Aqueles que se afastam do Senhor e acreditam em qualquer demônio que se diz deus pagará um preço alto. Está mais do que provado: só há um Deus.

Após ter feito tanto bem aos israelitas, como o Criador poderia iludir Seu povo amado? Nunca! Infelizmente, temos visto pessoas que jamais creem no Senhor nem O buscam conforme as Escrituras ensinam. Então, quando um familiar adoece, elas nos procuram ou fazem uma oração sem fé. Mesmo não esperando que o parente seja curado, elas culparão o Senhor se ele morrer.

Quem tomou conhecimento das palavras de Jeremias sabia que elas se referiam ao desvio do povo de Deus. O profeta havia condenado o erro dos israelitas diversas vezes. Pelo fato de Siló ter servido de proteção aos seus antepassados, não significava que o templo os protegeria da invasão babilônica. Misericórdia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Soberano e verdadeiro Senhor! Temos sido insensatos por não Te darmos ouvidos. Com isso, sofremos horrores por causa das investidas do inimigo contra a nossa vida e família. Pai, precisamos nos acertar Contigo em tudo. Ajuda-nos!

Tu nunca iludirias a quem quer que fosse. Porém, como os israelitas criam na ilusão, Tu permitiste que o inimigo os escravizasse, para que o remanescente não fosse destruído para sempre. Os que pecaram pagaram um altíssimo preço. Misericórdia!

Livra-nos do cativeiro, das mãos do impiedoso maligno, e traz-nos para o Teu consolo. O que o homem nos dá não tem valor, mas o que vem de Ti nos libertará das forças da maldade. Tu és e sempre serás o nosso único e verdadeiro Deus. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

O que o Missionário acha sobre abrir uma empresa de Tv a cabo? pois existe muitos canais não adequados que seria inevitavel passar aos...

Vamos operar nossa própria TV por assinatura, que será uma opção bem diferente do que vemos hoje. Breve teremos mais informação sobre o...

»VEJA MAIS