ongrace.com

> Mensagem de Hoje

08/04/2013 - TODO CUIDADO É POUCO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E, chegando à eira de Quidom, estendeu Uzá a mão, para segurar a arca, porque os bois tropeçavam.. 1 Crônicas 13.9


Quanto mais aprendemos da obra de Deus, mais nos inteiramos do temor que devemos a Ele. Na verdade, temos de fazer a vontade divina com temor e tremor (Ef 6.5). O homem pode atrapalhar o plano divino, se não estiver sob a direção do Senhor. Por isso, busque estar preparado para não se envergonhar. Uzá pensou que estava fazendo um benefício a Deus, mas foi fulminado. Esse fato fez o rei Davi entristecer-se sobremaneira.

O servo do Altíssimo que deseja ver a sua obra reconhecida e, desse modo, não vê-la se queimar, deve procurar viver em comunhão com o Pai. Terá muito lucro a pessoa que se preparar para ser usada e, mesmo vendo que algo não está bom, esperar por direções do Céu para colocar a sua mão no que, aparentemente, precisa de ajuda. É provável que qualquer outra pessoa piedosa fizesse o mesmo que Uzá.

Contudo, será que Deus precisa da ajuda do homem, ou Ele nos permite fazer algo em favor da Sua obra como uma benignidade? Sem dúvida, é um grande favor que Ele nos presta ao nos usar em Seus planos. Sem a unção divina, o que fizermos para Deus será puro desperdício, pois não temos em nós, e de nós mesmos, condição alguma de realizar algo como uma ajuda ao Senhor.

Como a nossa visão do mundo espiritual é quase cega, não temos como saber se o que nos propomos a realizar é certo ou não. Se não temos a orientação divina, o que nos propomos a executar pode ser de orientação maligna e, com isso, prejudicamos o plano de Deus. Ora, o Senhor nunca será surpreendido nem Se esquecerá de preparar o necessário para cumprir Seu propósito.

A orientação bíblica é que nos preparemos para nos apresentar diante do nosso Deus aprovados como obreiros que não têm do que se envergonhar (2 Tm 2.15). Então, de modo espetacular, o Senhor nos levará a falar e a fazer, ou a deixar de dizer e realizar algo. Com isso, no final, veremos que realmente era o que precisava para que a obra chegasse a um bom termo. O Senhor já Se preparou há muito tempo para o que precisa ser cumprido hoje.

Pobre Uzá! Por estar na carne, ao ver os bois tropeçarem, pensou que a arca cairia; por isso, foi fulminado. Em toda a Bíblia, vemos que, aparentemente, não havia escape para o povo de Deus, mas, com um simples ato, o Senhor mostrava que sabia conduzir e cuidar daqueles que Lhe eram obedientes.

Provavelmente, o Altíssimo tinha programado um milagre tremendo naquele momento, mas Uzá atrapalhou. Isso fez o rei Davi ficar muito triste; porém, como temia o Senhor, ele não pecou com os seus lábios e se encheu de respeito ao Altíssimo.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Por que o senhor não prega sobre o arrebatamento da Noiva de Cristo,? Assisto muito o show da fé, e não lembro do senhor falar sobre a volta de Jesus, quando vem buscar a...

Se você consultar esta coluna irá ver que há várias respostas minhas sobre a volta do Senhor Jesus e o arrebatamento da igreja. Quanto a pregar sobre o assunto, não é...

»VEJA MAIS