ongrace.com

> Mensagem de Hoje

23/12/2016 - TRÊS ERROS CRUCIAIS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR!  Jeremias 17.5


Para o Senhor fazer o homem à Sua imagem e semelhança, Ele trabalhou arduamente durante um tempo que não conseguimos imaginar, pois mil anos para Ele são como um dia ou a vigília da noite, e a nossa noite tem quatro vigílias. É como se o Criador tivesse colocado tudo no papel, como fazem os arquitetos com a planta de uma casa e, assim, fez o Universo e você e eu. Entretanto, Ele nos adverte de três erros cruciais, os quais nos farão muito mal se a eles nos curvarmos.

O homem falhou no primeiro teste, “gorando” o plano divino. Hoje, quando caímos em pecado, perdemos os atributos que recebemos na recriação. Jesus sabia o que havia no homem, por isso não aceitava humano testemunho nem glória cuja origem viesse desse ser caído. Além de nos salvar do pecado e nos recriar, o Senhor nos aconselha a não confiarmos em nenhum dos nossos semelhantes, pois, sem dúvida, todos poderão agir como fez Eva no jardim.

Se procurarmos o Altíssimo, teremos a sábia direção. Todavia, se colocarmos nossa confiança no homem, seremos considerados malditos. Deus não quer fazer de nós uns paranoicos, que desconfiam de tudo e de todos. No entanto, em relação aos assuntos sérios da vida, só no Onisciente podemos confiar; Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida (Jo 14.6). A questão é que sempre confiamos em um “amigo” e, depois, como Davi, concluímos que era a pessoa errada (Sl 55.12,13).

O que falar dos abusos infantis, incestos e das demais decepções que marcaram milhões de pessoas pelo mundo, levando-as a perder o amor pelos pais e parentes que lhes deram o contrário do que esperavam. Precisamos ter uma medida de confiança no próximo, porém há limites, ou não poderemos reclamar pelo prejuízo sofrido por nós. Quando sentir uma intenção suja, evite tal pessoa. Lembre-se: no meio dos apóstolos, um era ladrão e, depois, foi traidor.

Também fazer da carne de outras pessoas o seu braço não é bom. Em qualquer situação, a sua fé deve estar depositada no Senhor. Isso nos ensina a não esperar nada de bom de ninguém, mas dar o necessário para levantar e levar o próximo à salvação, fazendo isso para Deus e não ao homem. Desse modo, jamais nos sentiremos traídos ou ficaremos tristes com as atitudes dos “amigos”. O Onipotente não nos deixará nem nos desamparará. Ele é fiel!

Não deixe o seu coração apartar-se de Quem nunca deixou de cumprir Suas promessas. Se todas as coisas falharem, Deus jamais falhará. Se você estiver na pior, o Pai celestial estará ao seu lado para ajudá-lo. Não importa quão longe você tenha ido, quantos o desapontaram, frustraram ou o fizeram sofrer, no Senhor você pode confiar. Ele quer tirar os traumas que o impedem de viver e, para isso, só pede uma coisa: tenha fé nEle.

Fala tudo segundo a direção do Alto e com todo o seu coração. Então, não haverá necessidade de voltar e pedir perdão a alguém; ao contrário, outros o procurarão para agradecer pelo favor feito a eles pelo fato de viver de modo digno diante de Deus e dos homens. Não cometa os três erros cruciais! Com Deus, você vencerá!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus fiel e verdadeiro! Vamos crer sempre no que dizes, por seres nosso Pai verdadeiro, Onisciente e Amigo. Quando nos falas algo, isso é urgente e deve ser considerado indispensável, pois Tu só desejas o nosso bem.

Não queremos cometer os três erros cruciais, e sim caminhar sob a Tua orientação. Ajudados pelo Teu Espírito, não tropeçaremos nem ficaremos desapontados com o que as pessoas do mal podem nos fazer. Tendo o Teu consolo, não choraremos por nada de ruim.

Nosso choro é por poder, para livrarmos muitos da condenação certa e real. A Ti procuraremos e, então, não seremos decepcionados, porque és perfeito em tudo. Obrigado por nos amares, usares e ensinares a fazer o bem a todos. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

o senhor disse em um dos seus programas anteriores que deus é o nosso maior amigo, então eu pergunto se devemos contar as nossas aflições para amigos aqui na...

Por que não? Deus é nosso socorro bem presente na hora da tribulação (Sl 46.1), mas a Palavra também diz:“Em todo o tempo ama o amigo; e na angústia nasce o irmão.”...

»VEJA MAIS