ongrace.com

> Mensagem de Hoje

25/05/2010 - UM POVO DE QUEM NÃO SE OUVIU FALAR MAIS

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Visão de Obadias: Assim diz o Senhor JEOVÁ a respeito de Edom: Temos ouvido a pregação do SENHOR, e foi enviado às nações um embaixador, dizendo: Levantai-vos, e levantemo-nos contra ela para a guerra” (Obadias 1.1).

Em 21 versículos, Obadias registrou a revelação que Deus lhe deu a respeito de Edom, nação composta pelos descendentes de Esaú. Os filhos de Isaque – Jacó e Esaú – nunca se entenderam; desde o ventre materno já lutavam entre si. Pelo fato de Jacó ter comprado o direito de primogenitura de Esaú, este encheu o coração de ódio mortal. Jacó, então, teve de fugir para salvar a própria vida. Esaú, por sua vez, provou que não podia ter sido escolhido o herdeiro das bênçãos de Abraão, pois seu caráter não servia para ter sido um ancestral de Jesus, uma vez que se casou com duas moças estrangeiras para contrariar os pais.

Por ser descendência de Abraão, o Senhor não permitiu que os filhos de Israel aborrecessem seus irmãos edomitas, chamados também de idumeus (o rei Herodes, o qual ordenou a matança dos meninos em Belém, pensando que, com isso, o verdadeiro Rei seria morto nos Seus tenros dias, era um idumeu). No entanto, quando Nabucodonosor invadiu Jerusalém, os idumeus foram cruéis com os israelitas. Eles se lançaram com toda a ganância ao despojo e participaram com crueldade do massacre. Isso fez com que o cálice da ira do Senhor transbordasse contra esse povo.

Segundo Obadias, esse povo seria riscado da face da terra. De fato, Ciro, o imperador persa, foi implacável com eles, que também foram massacrados pelos macabeus. Após a destruição de Jerusalém pelo general Tito, em 70 d.C, os idumeus desapareceram do cenário mundial. A profecia verdadeira sempre será cumprida em sua totalidade.

Os filhos de Esaú se vangloriavam da falsa proteção que as fendas das rochas de suas montanhas lhes davam. A soberba do coração deles fez com que se considerassem intocáveis. Contudo, o Senhor lhes avisara de que, ainda que fizessem seu ninho entre as estrelas, de lá seriam derribados. A união dos edomitas com os forasteiros que destruíram Jerusalém e o povo de Deus fez com que o profeta predissesse que seriam exterminados para sempre. Esse foi o maior erro desse povo, que sempre se deixou levar pelo inimigo. Os edomitas foram cruéis com os israelitas, mas, hoje, ninguém sabe onde se encontra um só de seus descendentes. Isso nos mostra que apenas quem faz a vontade de Deus permanece para sempre.

Todos aqueles que, em todos os tempos, têm-se deixado usar pelo maligno para perseguir o povo do Senhor ou, de alguma forma, causaram algum sofrimento aos filhos do Deus vivo, haverão de receber a recompensa pelo seu erro. Quem não puder ajudar aos que servem ao Altíssimo não deve, de modo algum, atrapalhá-los.

Meu irmão, fomos chamados para uma batalha maior, a qual é travada no mundo espiritual, com reflexos no natural. A pessoa que se deixa levar pelo lado perdedor – o do diabo – e, com isso, prejudica e impede os que fazem a vontade divina e/ou lhes causa danos está assinando a própria sentença. Já os servos de Deus serão galardoados!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionario, vi que no site ongrace.com tem um link de livro de oraçao. Como funciona, todos os dias vcs oram pelos nomes inscritos? Uma vez cadastrado nesse livro, nao...

Esse livro é uma versão eletrônica do livro físico que se acha na porta das nossas igrejas. Todos os dias, nossos pastores apresentam ao Senhor Deus, em oração, as...

»VEJA MAIS