ongrace.com

> Mensagem de Hoje

25/12/2018 - UMA LIÇÃO A SER APRENDIDA

  • Envie por Email
  • Imprimir
Assim diz o SENHOR: Não subireis, nem pelejareis contra os vossos irmãos; tornai cada um à sua casa, porque de mim proveio isso. E ouviram as palavras do SENHOR e desistiram de ir contra Jeroboão. 2 Crônicas 11.4


Ainda nos dias de Salomão, Deus anunciou: Rasgarei de ti este reino e o darei a teu servo (1 Rs 11.11). Embora conhecesse essa declaração, Roboão, filho de Salomão, e os homens de Judá e Benjamim ficaram desesperados quando ela se concretizou. Então, esse rei juntou os melhores guerreiros de Judá – 180 mil escolhidos –, a fim de pelejar contra o reino do Norte, intitulado Israel. No entanto, o Senhor interveio, e eles recuaram.

Quando algo vem de Deus, tem a aprovação dEle. Jesus disse: O homem não pode receber coisa alguma, se lhe não for dada do céu (Jo 3.27). Muitos pastores dividem a igreja com o objetivo de se lançar em um novo ministério, mas desconhecem o quanto responderão em razão dessa atitude. Ora, o Senhor é perfeito e jamais causaria escândalo à Sua obra. É preferível sofrer a se rebelar!

Por causa da idolatria de Salomão e de outros pecados dele, Deus levantou opositores a ele, incluindo Jeroboão, o qual servia como supervisor da casa de José. Conforme o Altíssimo prometera a Davi, o reino só seria repartido nos dias de Roboão (1 Rs 11.12). Logo, Jeroboão não foi um rebelde, e sim usado nos planos divinos. Por intermédio de Semaías, Deus impediu Judá de guerrear.

Quando Deus levanta um ministério, alguns líderes, por desconhecerem o propósito dEle, inventam coisas contra quem o Senhor nomeou. Ora, a obra do Pai nunca será reduzida a nada, como essas pessoas desejam. A maldade de quem usa até de meios espúrios com o intuito de atrapalhar um crescimento ministerial é incompreensível. Os invejosos deveriam seguir o conselho de Gamaliel (At 5.34-39).

A ordem era clara: Não subireis, nem pelejareis contra os vossos irmãos. Certa vez, no Rio de Janeiro, diversos líderes evangélicos se levantaram contra a nosso ministério de um modo imundo, unindo-se a praticantes de feitiçaria, a fim de nos perseguir. Deus interveio, e eles pagaram um preço alto. Ignore os apelos de quem se opõe à obra do Senhor. Ai de quem tentar prejudicá-la!

Por intermédio de Semaías, Deus declarou: Tornai cada um à sua casa, porque de mim proveio isso. Infelizmente, o líder da sedição, Jeroboão, ao ver o poder em suas mãos, abandonou a fé no Senhor e se entregou à idolatria e à feitiçaria. Ele teve medo de que seus súditos subissem a Jerusalém para adorar e se tornassem a Roboão. Ora, quem não está bem com Deus teme o diabo!

Devemos ouvir as palavras do Senhor, pois Suas determinações acontecerão, mesmo que o homem queira impedi-las. O melhor é render-se ao Pai e cumprir Sua vontade soberana. Todos os chamados têm um lugar no Reino dos Céus!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor, sábio Conselheiro! Como deixar de Te ouvir ou Te dar razão és perfeito? As pessoas erram quando se enchem de inveja e perseguem o ministério levantado por Ti. Em vez disso, deveriam prosseguir em pregar a Boa Notícia; assim, elas Te honrariam.

Desconhecemos os Teus mistérios, nem podemos querer adivinhá-los. Se nos incomodamos com algo, precisamos entrar em Tua presença e saber de Ti o ocorrido. O maligno não pode nos usar! Pai, vem habitar em um coração.

Perdoa-nos, porque deixamos de cumprir a Tua Palavra e estar em comunhão Contigo. Muitas vezes, não falamos do Teu amor aos perdidos. A Tua obra tem de ser feita somente por servos fiéis. Coloca no devido lugar aqueles que combatem contra Ti. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Sou crente há dez anos e aprendi muito com seu ministério, Missionário. Penso que o senhor é um homem de Deus. Mas vejo que muita gente o inveja e acha até que o senhor é...

Não sei. O que sei é que Deus está usando-nos. Quanto ao invejosos, é bom que se arrependam. Não foi esse o pecado de Caim que, sendo do maligno, invejou seu irmão Abel,...

»VEJA MAIS