ongrace.com

> Mensagem de Hoje

15/06/2018 - UMA NOITE EM ORAÇÃO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E, tendo-os despedido, foi ao monte para orar.  Marcos 6.46

Ouça a mensagem

O que seria de nós se Jesus não tivesse feito as coisas como deveria? Ele veio nos dar o exemplo em tudo. Sem dúvida, quem seguir Seus ensinamentos e Suas obras será bem-sucedido. Devemos estudar os diversos assuntos existentes na Palavra de Deus, pedindo que o Onisciente nos faça entendê-los. Assim, seguiremos os Seus passos, fazendo o que ajudará a nossa vida e a do próximo.

Naquele tempo, o dia terminava ao anoitecer e, como não existiam estradas iluminadas e havia animais selvagens em todas as partes, tinham de ir para as suas casas antes que a noite caísse. Então, o Mestre ordenou que Seus discípulos subissem no barco e fossem a Betsaida, pois Ele ficaria para mandar a multidão embora. Jesus fez isso sozinho. Quando todos haviam partido, e só Ele estava naquele local, subiu ao monte para orar ao Pai.

Talvez, os últimos a se retirarem tenham sido os moradores próximos, pois os de longe trataram de partir primeiro. Penso que o Mestre, por ser bom, ouvia as pessoas sem dizer que Deus logo as abençoaria. Porém, Ele as abençoava com calma e tranquilidade. Esse é um exemplo a ser seguido por nós. Não podemos enganar a quem quer que seja, pois o Senhor pode nos usar.

Cristo sabia que era importantíssimo falar com o Pai a respeito dos acontecimentos daquele dia: dos Seus ensinamentos e da multiplicação de pães e peixes que alimentou a multidão. Após uma reunião de fé, temos muito a falar com Deus, bem como depois de dar uma palavra a algum necessitado ou fazer uma oração em favor dele.

Eram cinco mil homens, mais mulheres e crianças. Calcula-se que havia cerca de 20 mil pessoas – ou pode ter sido só a metade disso. Ainda assim, o fato de cinco pães e dois peixes alimentar dez mil pessoas já seria um milagre. Aquilo que precisa ser feito, mas está além da nossa capacidade, e é realizado, é obra celestial. Temos de estar bem com o Altíssimo para O vermos executar algo e o fazermos também.

Não sabemos quanto tempo Jesus passou em oração, mas deve ter chegado perto de nove horas. O que Ele falou com o Pai nesse longo período, ou ouviu dEle na santa conversa que tiveram? Bem, sem dúvida, o Mestre ouviu o que seria bom para nós. Creio que, na falta de diálogo com o Altíssimo, está a explicação de não sermos tão usados como o nosso Exemplo o foi. Misericórdia!

Vamos examinar o seguinte: não seria a falta de longas orações e de comunhão com Deus a causa de não sermos usados como Cristo foi, e sim não crer nEle. Jesus disse: Se tu podes crer; tudo é possível ao que crê (Mc 9.23). Essa é uma ação consciente que nos leva ao santo lugar, onde o fogo queima e a sarça não se consome. O poder do fogo de consumir é tirado e pode-se passear por ele, sem que cheiro de fumaça fique em nós! Aleluia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, que ouve e atende orações! Por que não temos tido bons momentos em Tua presença, onde aprenderíamos a fazer o que desejas? É isso que nos mantém sem recursos para fazer a Tua obra. Misericórdia!

Jesus disse que Tu sempre O ouvias. E nós, podemos dizer o mesmo? Por que não há, em nosso ministério, as obras realizadas no do Teu Filho? Não podemos pregar que tudo é possível, mas ver impossíveis ocorrerem somente com os outros!

Ensina-nos a subir no monte da oração, a chegar diante de Ti e abrir o nosso coração. Assim, a Tua presença nos envolverá e fará com que Te busquemos. Traz à luz as mesmas maravilhas operadas nos dias do Teu Filho. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Todas as vezes que oro para ser batizada pelo Espírito Santo, sinto um vazio dentro de mim, como se algo me bloqueasse. O que pode ser...

Podem ser várias coisas, mas, principalmente, a interferência do seu intelecto. A nossa mente tenta explicar aquilo que o Espírito irá fazer e, por não conseguir, fica...

»VEJA MAIS