ongrace.com

> Mensagem de Hoje

18/10/2010 - VERDADES FUNDAMENTAIS

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos” (1 João 3.2).

 É preciso notar quando a Escritura fala de um tempo futuro ou do presente. Nesse versículo, Ela trata do momento em que estamos vivendo e do que nos pode acontecer aqui. Há ocasiões, porém, em que a Bíblia discorre sobre o que nos ocorrerá no futuro, antes do arrebatamento da Igreja, e, em outros, a respeito do que nos sucederá após a vinda do Senhor Jesus.
 A primeira verdade que ressaltamos nessa passagem bíblica é que a Palavra do Senhor declara: agora – e não depois da morte – somos filhos de Deus. Então, nessa condição, temos direitos e prerrogativas à nossa disposição, dos quais devemos fazer uso. Os advogados, por exemplo, sabem que, na nossa lei, quem não se interessar por saber quais são seus direitos e – mesmo os conhecendo – deixar de reivindicá-los não será socorrido. Com a fé acontece o mesmo: quem dormir não receberá o socorro do Senhor.
 Não importa quem você seja nem o sofrimento pelo qual esteja passando; se quiser ser livre da angústia, precisa aprender o que lhe foi dado em Cristo e fazer a oração da fé. Há muito mais nos aguardando na eternidade do que pensamos. De fato, quando chegarmos ao Céu, seremos surpreendidos com o que nos foi providenciado.
 A segunda verdade é que, na Glória eterna, conheceremos o nosso Senhor como dEle somos conhecidos (1 Coríntios 13.12). Por termos sido feitos filhos do Altíssimo, por toda a eternidade, a herança que nos está reservada nunca chegará ao fim, pois teremos a posse do Reino de Deus.
 Um dia, o Senhor virá buscar-nos, e com Ele estaremos por toda a eternidade (1 Tessalonicenses 4.17). Quando Ele fizer isso, todas as nossas lágrimas serão enxugadas, as nossas fraquezas serão removidas, e seremos vestidos de imortalidade. Cristo nos levará para Seu Reino eterno, o qual o maligno jamais penetrará. Para sempre, estaremos na presença do Senhor, e não haverá mais lembranças dos acontecimentos terrenos. Coitado, porém, de quem perder essa grande bênção preparada para todos os que depositam a fé em Jesus!
 Umas das maiores revelações do que nos espera na eternidade é que seremos feitos semelhantes ao Filho de Deus – e a glória de tudo isso é que jamais perderemos essa condição. Lá, nos céus, não haverá nenhum demônio para nos tentar nem ninguém inspirado pelo adversário para nos fazer mal. O Céu é um lugar perfeito, onde a vontade divina para sempre será realizada e respeitada.
 Veremos Jesus como Ele é. Que dia maravilhoso será aquele em que conheceremos o Cordeiro de Deus, que morreu em nosso lugar e ressuscitou para a nossa justificação! Na eternidade, não haverá segredos nem seremos considerados inferiores, mas seremos providos da glória celestial. Portanto, caro leitor, perca o que for necessário, mas não abra mão da oportunidade de viver eternamente com Cristo no Céu de Deus!

 Em Cristo, com amor,
 
 R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionario Louvo a Deus por este Ministerio Igreja Internacional da Graça de DEUS, Aleluia!...... Estamos na caminhada com o Senhor Jesus a 15 anos, e percebo que Deus esta...

Existem dons e ministérios e eles interagem. A intercessão é um ministério apoiado pelo dom da fé (1Co 12.7-9). Ou seja, quem exerce o ministério da intercessão,...

»VEJA MAIS