ongrace.com

> Missionário Responde

01/07/2002 - Adultério - Comportamento

Meu marido sempre viveu na libertinagem e adultério. Procurei a solução para os meus problemas conjugais em Jesus, mas, logo em seguida, afastei-me do caminho do Senhor: Meu marido continua vivendo na prostituição: está envolvido com uma menina de 15 anos, de quem está noivo.
Minha sogra, que é do Candomblé, comprou um bar para ele trabalhar. Meus filhos sofrem, pois ele os abandonou. Há alguns anos, voltei para Deus, e orei pelo meu marido durante três anos, no entanto, senti no coração o desejo de parar de orar por ele. Entreguei-o nas mãos de Deus. Pensei em voltar a orar, mas acredito que isso seria o mesmo que duvidar no coração. Estou certa em minha atitude?

Resposta:
Já disse alguém que parar de orar fora o erro de Abraão. Certamente, o Senhor Deus ouve a oração feita por um justo-aquele que pratica a Palavra. Enquanto você orar porque sofre a ausência do esposo e pai dos filhos, a oração não poderá ser respondida; mas, quando ela for feita sobre o seu direito de ter a sua outra metade santificada, como a Palavra nos ensina, o resultado se manifestará.


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração