ongrace.com

> Missionário Responde

12/04/2006 - associado - Família

Missionario, já faz 10 meses que meu marido esta desempregado, e a 7 meses eu o associei, sou dizimista fiel, creio em Deus e sei que ele vai abrir uma porta de emprego, meu marido também acredita, ele está batalhando atras, graças a Deus não tem faltado nada em casa, Deus está cuidando de nós, mas as vezes fico triste pois oramos, determinamos e estamos esperando em Deus e a porta de emprego não abre. Por favor nos de um conselho, pois sei que o Senhor é um homem de Deus.

Resposta:
Como você mesma disse, o Senhor Deus tem sido fiel e nada deixando faltar. Agora, espero que a irmã não tenha associado seu esposo na esperança de que, com isso, Deus daria logo um emprego a ele. Embora essa prática seja usual em nossa cultura brasileira, o Senhor não faz barganha com ninguém. É por isso que sempre enfatizo, ao pedir os patrocinadores, que só devem se inscrever aqueles que o Senhor chamar, isto é, as pessoas que sentem no coração a chamada para participar da obra com sua contribuição. Quando Deus chama, Ele se compromete a dar os meios necessários para a obra. Por isso, se não houve chamada no coração, mas apenas (e compreensivelmente) o desejo de conseguir logo o emprego, por meio de uma troca com o Senhor, esclareça isso em oração diante do Pai e assim o inimigo não terá mais como impedir a bênção.


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração