ongrace.com

> Missionário Responde

08/03/2005 - Dúvida Bíblica - Família

Pastor. Jesus, segundo as passagens Bíblicas (mat 5, 3), (mat 6, 19), (mat 6, 24), (mat 19, 21-24), pregava a pobreza claramente. Por a sua Igreja prega o contrário?

Resposta:
Há alguns equívocos em sua pergunta. Primeiro, o Senhor Jesus não pregava a pobreza material, mas a de espírito, como bem destaca o texto que vc citou, de Mateus 5.3. Segundo, o que Ele, de fato, condenou tacitamente foi o apego às riquezas, mas isso é bem diferente de dizer que há virtude na pobreza. Para o servo de Deus, as posses materiais servem para socorrer os aflitos, como o Mestre demonstrou no exemplo que vc citou do jovem rico (Mt 19.21-24) e em várias outras passagens (Lc 3.11; Ef 4.28; 1Tm 6.17-19). Em terceiro lugar, a Bíblia Sagrada ensina sim que o desejo do Senhor Deus é que tenhamos vida tranqüila e próspera (1Tm 2.2; 3Jo 2), o que não significa opulência e vida abastada. Está claro na Palavra de Deus que Ele não reservou a miséria para Seu povo em nenhum sentido (Dt 28.13; 15.6; Sl 132.15; Ec 3.13; Jo 10.10). Esta é a mensagem que pregamos em nosso ministério. Ensinamos que o desígnio de Deus para Seus filhos é que estes se libertem da miséria, das dívidas e da opressão que estas coisas trazem sobre a vida. Afirmamos (e reafirmamos) que o filho de Deus sabe viver com o que ganha, sem esbanjar e se endividar para satisfazer vaidades humanas. E com alegria temos visto milhares de pessoas que viviam na mais completa derrota e humilhação sairem da favela miserável em que viviam, para morar com dignidade. Se outros há que pregam que o Evangelho traz riqueza e opulência para os prazeres deste mundo, nada temos em comum com eles.


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração