ongrace.com

> Missionário Responde

04/11/2004 - EXPLICAÇÃO DE UM VERSICULO -

MISSIONÁRIO ME EXPLIQUE ESSE VERSICULO EM LUCAS CAP 16 VRS 9. NAO CONSEGUI ENTENDER, POIS DIZ QUE TEMOS QUE COMPRAR AMIGOS COM DINHEIRO . NAO ENTENDI

Resposta:
Esse versículo está na conclusão da parábola do mordomo infiel e só pode ser entendido se entendermos a mensagem da parábola. Quanto à parábola, ela é mesmo difícil, todos reconhecem. A regra de interpretação própria para parábolas ensina que a parábola nada mais é que uma historinha contada com a finalidade de ilustrar uma verdade espiritual central. Algumas vezes, há mais de uma verdade espiritual sendo ilustrada, mas uma sempre é a central e é com esta que nos ocupamos. No caso, o Senhor Jesus usou um episódio verídico, conhecido de todos os seus interlocutores (do contrário Ele inventaria uma história bem menos problemática) para ilustrar a necessidade de agirmos NESTA vida, pensando na próxima; de usarmos os recursos disponíveis AQUI, para construirmos nossa "morada celeste". O mordomo daquela época e cultura era como um "gerente" (veja o caso de José do Egito) e tinha poderes para negociar (inclusive reduzir) os créditos de seu patrão. Ele não fraudou os documentos nem agiu com desonestidade, como parece a nós hoje. No máximo, foi mau negociante e trouxe prejuízo ao seu senhor. Ora, como este já o avisara que seria demitido, mais um mau negócio não afetaria sua relação com o patrão. Assim, usou suas prerrogativas de gerente credor para garantir a boa vontade e amizade dos devedores depois que perdesse o emprego. As "riquezas da injustiça" representam nossas melhores capacidades no âmbito humano, ou seja, nossas possibilidades humanas e, como tais, corrompidas.


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração