ongrace.com

> Missionário Responde

15/07/2002 - Guardar o Sábado - Família

Venho pela presente solicitar um esclarecimento. A maioria das igrejas evangélicas dá grande ênfase à guarda dos mandamentos (principalmente o segundo que proíbe a idolatria). Mas pude notar que a maioria não observa o quarto mandamento, da guarda do sábado. Cada segmento religioso tem uma justificativa para a guarda do domingo. Sabemos que a guarda do domingo é uma lei humana: o decreto mais antigo data de 7 de março de 321, assinado pelo imperador Constantino, para que repousassem no venerável dia do sol. Cerca de 40 anos mais tarde, surgiu o decreto eclesiástico (a igreja apostólica já estava a serviço do Império Romano). O sábado não foi abolido por Jesus nem pelos apóstolos, a guarda do domingo não está na Bíblia Sagrada e também não é um mandamento de Jesus Cristo. Perguntando em uma igreja católica, eles me responderam que Jesus aboliu os mandamentos, o que eu achei um absurdo, pois, se é assim, podemos idolatrar, roubar, etc. Minha pergunta é: a guarda do domingo nas igrejas evangélicas não deveria ser abolida? Estaria a grande maioria das igrejas evangélicas preparadas para tal mudança, visto que seria necessário um grande trabalho para explicar toda a verdade?

Resposta:
A igreja primitiva se reuniu no primeiro dia da semana, o dia em que o nosso Salvador ressuscitou (Mt 28.1; At 20.7). Quase três séculos depois Constantino expediu este e outros decretos favorecendo a igreja cristã. Ele, Constantino, também fez uso do Nome de Jesus, e de outras práticas que temos hoje, e, não me parece que os sabatistas tenham abdicado de todas elas. O homem não foi feito para guardar o sábado, e, sim, o sábado por causa do homem (Mc 2.27). A intenção do Senhor ao decretar a guarda de um dia era para o homem se refazer, e dedicar um dia a Ele. Paulo, o apóstolo, falou sobre esses que são fracos de entendimento, e colocam virtudes em coisas: Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa de dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é o de Cristo (Cl 2.16,17).


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração