ongrace.com

> Missionário Responde

12/07/2004 - MINISTÉRIO - Família

A paz do Senhor missionário. Aceitei a Jesus em 05/2001, me batizei em 11/2001 na igreja da qual eu saí em 06/2003, por necessidade de algo mais pra minha vida espiritual, hoje eu estou frequentando a igreja da graça comecei em 06/07/2004. Quando eu aceitei a Jesus eu sentia vontade de deixar o emprego para trabalhar na obra, mas ainda eu me preocupava com a família em casa financeiramente. Já passei por situação assim: A minha cunhada estava passando por um momento difícil e gostaria de conversar comigo tudo o que estava passando e também não queria tomar nenhuma atitude, mas quando eu conversei com ela, o casal já havia se separado, e a mesma falou ainda pra mim que precisaria conversar comigo num horário missinário que eu estaria trabalhando e até hoje a gente nunca conversou tenho orado por ela, pela restauração da sua família. Mas quando penso nesse caso e em outros vejo o meu emprego como um empecilho para a obra de DEUS. Então, hoje a preocupação que eu tinha com a família em casa eu não tenho mais. Ontem foi Santa Ceia do Senhor na igreja da Graça e na pregação bem no final mesmo, o Pastor falou que se você sente o chamado para trabalhar na obra e pensa naquele bom emprego que você tem, missionário quando ele falou assim na hora eu derramei algumas lágrimas por DEUS ter me respondido e pela a alegria da resposta. Sei que servir ao SENHOR não é fácil. Então o Senhor acha que pode não ter sido de DEUS a resposta?

Resposta:
Quando Deus fala, Ele mesmo testifica em nosso coração. Cuidado para não confundir decepções e pressões profissionais com o chamado para a obra. É muito comum querermos ir para a obra de Deus, a fim de escapar dos problemas que temos na vida profissional. Se você tem família que depende do seu sustento, não se precipite nem aja irresponsavelmente. Afinal, até o apóstolo Paulo trabalhava, quando necessário, e isso nunca o impediu de fazer a obra de Deus (At 18.1-3; 2Ts 3.10).


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração