ongrace.com

> Missionário Responde

26/05/2003 - Perdão -

A Bíblia recomenda que perdoemos aos nossos inimigos e oremos por eles. Mas o que fazer quando a pessoa é evangélica e serve ao Senhor Jesus? Devo perdoar, se a pessoa continuar prejudicando-me, ciente de que está cometendo um erro?

Resposta:
Devemos perdoar sempre, sendo incrédulo, e, mais ainda, sendo irmão em Cristo. Não é esse detalhe que conta; o que importa é que, para sermos perdoados por Deus pelos nossos pecados, precisamos perdoar aos nossos ofensores. Isso está na oração que o Senhor Jesus ensinou, a qual deve ser seguida na íntegra (Mt 6.9-13). Na verdade, Cristo foi até mais longe, quando disse que devemos perdoar 490 vezes por dia (70 vezes sete), ou seja, sempre que necessário. Muita gente não perdoa porque não acha justo deixar impune quem lhe causou feridas tão profundas. Mas é preciso que saibamos que, quando um filho de Deus abre o coração para perdoar, o Espírito Santo sara as feridas e o próprio Deus lida com o ofensor (Rm 12.19). O perdão tem aspectos que são essenciais para a nossa felicidade. De um lado, ele reflete nosso amor pelo próximo, que por sua vez é reflexo do amor de Deus por nós (Ele nos perdoou muito mais, lembra?); de outro, livra-nos de sentimentos mesquinhos e destrutivos, como a mágoa e o ódio, que só prejudicam a nós mesmos. Gostaria de lhe sugerir a leitura do meu livro Presente, a dádiva que abençoa a quem o dá. Para mim, é sábio quem disse que perdoar não é divino.


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração