ongrace.com

> Missionário Responde

10/03/2006 - solidão - Comportamento

Missionário, tenho 42 anos e gostaria muito de encontrar um homem que fosse meu companheiro. Moro com minha mãe e minha irmã mais nova. Desde que meu pai morreu eu cuido delas, mas as vezes me sinto muito cobrada e parece que só nasci para servir aos outros. Passo os finais de semana sozinha, não tenho interesse em conversar com ninguém nem em sair de casa. Estou indo na Igreja da Graça 4ª, 6ª e domingo e Deus tem falado muito comigo, mas até agora nada mudou na minha vida. No ano passado tive uma experiência muito ruim com um namorado. Ele era um homem separado há muito tempo e começamos a namorar. Eu estava afastada da Igreja e me envolvi com ele. Mas assim que ele conseguiu o que queria terminou comigo pelo telefone. Fiquei tão triste que achei que não ia aguentar.Eu era virgem, mas acho que ele não acreditou por causa da minha idade. Ou não se importou com isso. Voltei-me para Deus e através de seu Programa procurei a Igreja da Graça, onde estou desde maio/2005. Tem um Membro da igreja que está interessado em mim, mas ele é separado há mais de 10 anos da esposa, e soube que ele era viciado. Então fiquei com medo de me aproximar. Mas a solidão é tanta que às vezes eu fico pensando será que não devo dar uma chance? Afinal ele está na Igreja, e dizem que ele não tem mais vício. Gostaria de uma orientação nesse sentido e peço ao Sr. que ore pela minha vida sentimental, pois não consigo entender porque ainda estou sozinha, e sinto que enquanto não resolver esse problema não conseguirei progredir em outras áreas da minha vida. Parece que nada faz sentido. Por favor me ajude!

Resposta:
Você hoje está muito mais preparada e alerta para estabelecer um relacionamento sadio e seguro, que vise conhecer a outra pessoa. Portanto, não há porque deixar passar essa oportunidade que se lhe apresenta. Você tem buscado a Deus e orado por companhia, o que é bastante saudável, agora exerça sua fé sem medos e verifique, com a sabedoria que Deus lhe está dando, a possibilidade de vir a namorar esse homem. Lembre-se que, assim como você, se ele se converteu de fato, é hoje nova criatura e o "viciado" morreu no ato da conversão. Se esta não for a pessoa certa, ao menos você terá verificado isso e não carregará dúvidas para o futuro.


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração