ongrace.com

> Missionário Responde

04/08/2011 - Suicídio involuntário -

Enviado por: Paulo - Pernambuco

Uma pessoa é doente mental, não sabe as coisas que faz, não consegue compreender, sofre de esquizofrenia, e em um determinado momento pega uma arma e dá um tiro na própria cabeça. Ela será condenada ao inferno, pois Deus diz que o suicída não será perdoado?

Resposta:
É preciso cuidado e sabedoria quando se abordam questões delicadas e que podem levar facilmente ao desespero (pense em quem já perdeu assim um ente querido). A Bíblia Sagrada não Se refere direta e explicitamente à condenação do suicida, até porque a salvação é pessoal e pode ser dada numa fração de segundo, no último suspiro, por meio de arrependimento expresso no âmago da alma, entre o suicida e o Senhor, que é rico em perdoar e cujas misericórdias não têm fim (Is 55.7; Lm 3.22). É bem verdade que a Palavra de Deus ensina que Ele destruirá os que destruírem o templo do Espírito Santo, isto é, nosso corpo físico (1Co 3.17). Alguns usam esse texto para provar que o suicida vai inapelavelmente para o inferno, mas é preciso cautela para fazer-se tal afirmação. Além do arrependimento no instante derradeiro da vida, há outras questões a serem ponderadas. É bom lembrar que o único pecado imperdoável é a blasfêmia contra o Espírito Santo, não o suicídio ou outra iniqüidade. Além disso, o texto não fala só nem diretamente do suicídio, mas de toda atitude ou hábito irresponsável em relação à saúde de nosso corpo, o que inclui vícios, má alimentação, falta de sono, excesso de trabalho (ou de lazer) etc. Uma pessoa viciada em refrigerante ou café, por exemplo, é tão condenada por esse texto, quanto o suicida. Outro fator importante a lembrar é que ninguém põe fim à própria vida estando em juízo perfeito, isto é, o suicida nunca é alguém sadio e equilibrado, mas uma pessoa totalmente perturbada e desesperada, situação que o Senhor leva em consideração, pois Ele é justo e compassivo (Sl 116.5). Minha conclusão é que devemos pregar intensamente a Palavra de Deus, a fim de levar alívio e salvação aos desesperados (Mt 11.28ss) e nunca julgar os que puseram fim à própria vida, pois esse papel é exclusivo do Senhor (Mt 7.1; Ap 7.10).


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração