ongrace.com

> Missionário Responde

22/03/2006 - Traição da confiança - Comportamento

Que a graça e a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo sempre estejam nesse maravilhoso e abençoado ministério . Minha família é patrocinadora do seu programa e somos muito abençoados. Quero narrar uma situação que aconteceu . Tive conhecimento que antes de uma pessoa se converter ela andou com sua empregada. Porém agora que serve a Jesus, não teve nenhum contato mais com ela. Mas a esposa dele descobriu e resolveu mandar a empregada embora, porém o esposo não está muito de acordo porque a pessoa precisa trabalhar. É licito ficar com uma pessoa que traiu a confiança da patroa? Será que o inimigo não poderá armar um laço e este homem voltar a adulterar? Essa esposa é obrigada a conviver com desconfiança em casa?

Resposta:
O caso de Sara e Agar, contado em Gênesis 16, mostra bem como são essas coisas. O que não deve acontecer é a saída da empregada por vingança da patroa, pois a Bíblia não nos dá o direito à vingança (Rm 12.19ss). Agora, não é sábio nem prudente a empregada permanecer na casa, muito menos o marido defender essa permanência, como se o perdão da esposa anulasse a quebra de confiança nele, inclusive. O Senhor Jesus ensinou a sermos prudentes como as serpentes, pois estas nunca se expõem ao perigo (Mt 10.16). Quanto à necessidade financeira da empregada, o marido pode manter o pagamento dela até que esta encontre novo serviço. Ele tiraria o dinheiro de seu quinhão pessoal e o daria à esposa, para o devido repasse. Isso serviria também para ele sentir no bolso as conseqüências de sua atitude machista e irresponsável.


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração