ongrace.com

> Notícias

IIGD enfrentou perseguição em meio a conflito no Sul da Armênia

23/01/2023


Pr. Felipe Menezes conta como supera a intolerância ao Evangelho

A Armênia é uma nação localizada no extremo leste da Europa, próximo ao continente asiático. Com aproximadamente 2,7 milhões de habitantes (segundo dados do site The World Bank), o país faz fronteira com a Turquia, a Geórgia, o Azerbaijão e o Irã. Essa nação é a menor das antigas repúblicas socialistas soviéticas.

No final de 2022, a Igreja Internacional da Graça de Deus (IIGD) anunciou a inauguração de um templo no país e logo sofreu retaliações. Durante o culto de confraternização, realizado em dezembro do ano passado, o Missionário R. R. Soares comentou sobre a perseguição na Armênia: “Vocês não sabem como a gente sofre maldade, pois estamos crescendo. Assim que o Pr. Felipe Menezes, da Armênia, anunciou a inauguração da Igreja, chegou o pessoal do governo questionando o que seria o espaço. Quando o pastor revelou o que seria, eles disseram para acabar com tudo”.

O Pr. Felipe Menezes, responsável pela IIGD na Armênia, conta mais detalhes sobre o episódio e como é pregar o Evangelho naquele território: “Chegamos aqui no dia 14/10/22 e marcamos uma reunião de inauguração para 5/11. Divulgamos o evento nas redes sociais, até que um vídeo alcançou o número de 50 mil visualizações, e logo sofremos represálias”.

Mesmo com a ameaça do governo, a reunião aconteceu. Apareceram muitas pessoas em busca da Palavra: “Aqui há uma grande perseguição contra evangélicos. Naquela semana, logo após o anúncio, pessoas do governo foram até o lugar do encontro e ordenaram que cancelássemos os anúncios. Caso contrário, o local seria fechado e multado. Decidimos cancelar a reunião e aguardar. Porém, muita gente foi ao local na data marcada – cerca de cem pessoas. Orei por elas, e houve vários testemunhos”, conta o pastor.

Devido ao posicionamento governamental, o Pr. Felipe decidiu não inaugurar a Igreja naquele espaço, mas a Palavra continuou sendo ministrada: “Tivemos de recuar um pouco, mas passamos a ir de casa em casa, orando pelas pessoas e realizando as reuniões. Nesse meio-tempo, achamos outro local e ali começamos a fazer reuniões apenas aos sábados. Sem poder anunciar como da outra vez, divulgamos as concentrações apenas de boca em boca e por aplicativo de mensagens”.

Deus é tão maravilhoso, que, mesmo após a perseguição e com as dificuldades de divulgação, as pessoas foram ao encontro da Palavra: “Nossas reuniões foram muito abençoadas; tivemos vários testemunhos, e aproximadamente cem pessoas compareceram a cada reunião”.

Durante anos, a Armênia vem enfrentando batalhas contra o seu país vizinho Azerbaijão, mais precisamente em Artsakh. A luta pelo território reacendeu após um bloqueio contínuo da única estrada que liga ao resto do mundo os 120 mil cristãos que vivem nesse enclave, impedindo o trânsito de alimentos, medicamentos e outros itens básicos dentro ou fora do local.

O Pr. Felipe conta que o conflito se concentra no Sul do país. Porém, mesmo distante, ele recebe diversos pedidos de oração das pessoas que estão naquele local: Há um mês, o Azerbaijão fechou a única estrada que liga Artsakh com o restante do país. O povo de lá não pode vir para cá. Muitas pessoas dali estão pedindo oração para o Senhor lhes dar paz e prosperidade”.

Todos os dias, o povo de Deus enfrenta árduas batalhas para pregar o Evangelho, mas, em momento algum, o Pai abandona os Seus filhos. Para vencer cada desafio que se apresenta, faz-se necessário ter coragem de nadar contra a maré para espalhar a poderosa e edificante mensagem de salvação pelo mundo.

Por: Thamires Lopes

 

> Outras Notícias

Ongrace.com • O site do povo de Deus.