18/04/2020 - ONDE ESTÁ A CULPA?

Todavia, ninguém contenda, nem qualquer repreenda; porque o teu povo é como os que contendem com o sacerdote. 

Oseias 4.4

Não podemos colocar a culpa em outra pessoa, estendendo o dedo acusador, quando, em nosso interior, a voz de Deus nos convence de alguma falta. Por vezes, achamos que é um erro simples, mas se trata de algo nos separando do Altíssimo e nos levando ao fundo do poço. A pessoa colocada ao seu lado para ajudá-lo não pode receber o pagamento na forma de oferta tentadora, para, depois, você ser usado pelo inimigo para condená-la. Vigie!

Faz parte da natureza do homem se excluir, quando, na verdade, ele foi o autor da obra má. Agir com imprudência é uma das maiores vitórias do diabo. O que ele mais deseja é o caos e a frustração de quem agiu como tolo para conseguir um favor. Ora, a pessoa que vê a conduta de um servo pode interpretá-lo mal. O ser humano só conclui que errou com a ajuda do Santo Espírito!

Quando Adão, deliberadamente, comeu do fruto e foi questionado por Deus, deu a sua versão, dizendo que a mulher, a companheira perfeita para estar ao seu lado, lhe dera do fruto. Ora, mas não foi isso que lhe foi perguntado. A resposta deveria ser sim, com um pedido de perdão. Quem não obedece à ordem divina coloca a culpa no outro. Ele deveria vigiar e orar para não cair em laço!

Se pecar, o salvo é convencido pelo Santo Espírito da transgressão cometida. Então, deve pedir perdão e lutar para não voltar ao erro. No entanto, em vez de confessá-lo, começa a dizer que foi tentado pela imprudência da mulher, ou por causa da crise econômica. Caso ele tenha roubado, cita o exemplo de alguma autoridade má para se justificar. Ora, só precisa reconhecer sua iniquidade, pedir e aceitar o perdão. Assim será restaurado à comunhão com o Senhor.

Por que culpar o pastor por não ter pregado sobre adultério ou honestidade, e ainda dar desculpas mentirosas? A pessoa que faz isso está acusando o Senhor de não ter dado ao Seu servo a mensagem correta que a impediria de pecar. Deus só ouve a verdade, a confissão do que realmente aconteceu, quando somos convencidos pela Palavra de que pecamos. Evite mentir para o Altíssimo, porque Ele vê e sabe tudo!

Somos imaculados quando resistimos à tentação. Mas somos culpados, quando cedemos a ela. Deus não é homem para ficar imaginando o que queremos dizer; afinal, tudo está nu e patente aos olhos dEle (Hb 4.13). Sempre peça a ajuda do Espírito Santo para ver onde você tem caído. A maldição sem causa não se cumpre na vida de quem anda firme no Evangelho (Pv 26.2). Prepare-se para encontrar o Senhor!

Jesus é o Sumo Sacerdote da nossa confissão (Hb 3.1). Se falarmos o que é reto, seremos guiados e guardados; porém, se desviarmos para sendas tortuosas, deixaremos o Senhor e caminharemos longe dEle. Com isso, o diabo aproveitará para nos atacar com seus males. É preciso amar o nosso Sumo Sacerdote, o qual intercede por nós diante do divino trono.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares